A dupla Investec-Songo-Specialized de Annika Langvad e Anna van der Breggen ampliou a sua liderança durante a segunda etapa do Absa Cape Epic, apesar de ter mudado de estratégia a meio da corrida esta terça-feira.

Photo by Shaun Roy/Cape Epic

A dupla das campeãs mundiais de BTT e de Estrada tomou a opção decisiva a cerca de três quartos da etapa de 90 km de Hermanus para Oak Valley Estate em Elgin; mas o seu plano antes do início era não atacar as suas rivais mais próximas, a dupla Ariane Lüthi e Maja Wloszczowska, da Kross-Spur Racing.

“Ontem (segunda-feira) estávamos bastante cansadas quando cruzámos a linha de meta, então hoje, na realidade, queríamos tentar economizar energia o máximo que pudéssemos”, disse a 5x Campeã Mundial Langvad, enquanto recuperava após a etapa.

Photo by Sam Clark/Cape Epic

“A etapa era tão longa hoje que só nos queríamos manter na luta (Lüthi e Wloszczowska), mas na última grande subida, podíamos sentir que elas estavam a baixar o ritmo e, assim, aumentámos um pouco o nosso e conseguimos aumentar a distância. A subida é no final da etapa, então, temos que a trabalhar bem, para ter algum combustível no tanque após a subida. ”

Photo by Shaun Roy/Cape Epic

No final da etapa, Langvad e Van der Breggen abriram uma folga de dois minutos, o que as deixa com uma folga saudável de quase oito minutos, para os 107 quilómetros da Etapa 3. A etapa de quarta-feira é um loop difícil de ida e volta de Oak Valley que incorpora a famosa subida Groenlandberg e a sua descida traiçoeira.

Photo by Shaun Roy/Cape Epic

A dupla da Summit Fin de Candice Lill da África do Sul e a sua parceira alemã Adelheid Morath cruzou a linha de meta em 3º e agora estão agora 18 minutos atrás.

Apesar de ter construído uma grande vantagem até as atletas terem chegado a meio do evento de oito dias, Langvad recusa-se a falar de oito vitórias em oito etapas.

“Nada nesta corrida é certo até você cruzar a linha de meta – mas até agora está tudo bem”, foi tão longe quanto poderia ir ao contemplar a vitória em Val de Vie Estate, no domingo.

Photo by Greg Beadle/Cape Epic

A parceira Campeã Olímpica de Estrada de Langvad também se recusou a olhar muito para a frente, mas estava claramente satisfeita por ter passado a fase de transição para Oak Valley, ilesa.

“Estou muito cansada, mas estou muito feliz com a etapa de hoje”, disse Van der Breggen após o final. “Ficámos com Maja e Ariane nas descidas e nas seções técnicas, incluindo no Land Rover Technical Terrain. Conseguimos acompanhar sem cair – e era muito fácil cair hoje, pois era tudo muito rápido. Então isso faz com que seja um bom dia para mim ”.

Photo by Greg Beadle/Cape Epic

Apesar de perder tempo para as suas principais rivais pelo terceiro dia consecutivo, Lüthi estava claramente contente por ter aumentado a sua vantagem sobre a terceira classificada da equipa Summit Fin.

“Eu sabia que a altura chegaria (quando Langvad e Van der Breggen lançaram a fuga)”, disse uma filosófica Lüthi, depois de cruzar a meta. “Elas estão a jogar muito, muito inteligentes. Elas são excelentes pilotos e sabem jogar o jogo.”

Photo by Greg Beadle/Cape Epic

“Elas não precisavam fazer nenhum trabalho na frente. É nossa tarefa fazer isso, enquanto tentamos fugir das terceiras classificadas. Então eu sabia que chegaria o momento em que elas se iriam afastar, mas foi bom andar com elas e fiquei super feliz em conseguir uma distância para a terceira posição.

“Desde que possamos jogar assim, estou super feliz”, acrescentou Lüthi.

Photo by Greg Beadle/Cape Epic

Resultados da 2ª etapa do Absa Cape Epic:

1. Investec-songo-Specialized 50-1 Annika Langvad (Denmark) 50-2 Anna van der Breggen (Netherlands) 04:18.01,2
2. Kross-Spur Racing 53-1 Ariane Lüthi (Switzerland) 53-2 Maja Wloszczowska (Poland) 04:20.09,2 +2.08,0
3. Summit Fin 54-1 Candice Lill (South Africa) 54-2 Adelheid Morath (Germany) 04:27.55,6 +9.54,4

Photo by Sam Clark/Cape Epic

Geral Feminina do Absa Cape Epic 2019:

1. Investec-songo-Specialized 50-1 Annika Langvad (Denmark) 50-2 Anna van der Breggen (Netherlands) 10:18.57,4
2. Kross-Spur Racing 53-1 Ariane Lüthi (Switzerland) 53-2 Maja Wloszczowska (Poland) 10:26.48,2 +7.50,8
3. Summit Fin 54-1 Candice Lill (South Africa) 54-2 Adelheid Morath (Germany) 10:37.01,3 +18.03,9
4. Silverback – Fairtree 52-1 Jennie Stenerhag (Sweden) 52-2 Mariske Strauss (South Africa) 10:46.51,1 +27.53,7
5. Meerendal WIAWIS Rotwild 51-1 Sabine Spitz (Germany) 51-2 Nadine Rieder (Germany) 10:49.17,8 +30.20,4
6. dormakaba Ladies 55-1 Samantha Sanders (South Africa) 55-2 Amy Mcdougall (South Africa) 11:04.54,0 +45.56,6
7. Galileo Risk 56-1 Theresa Ralph (South Africa) 56-2 Sarah Hill (South Africa) 11:42.55,7 +1:23.58,3
8. FreakShow SCOTT 57-1 Sonya Looney (United States of America) 57-2 Catherine Williamson (England) 11:55.29,8 +1:36.32,4

Deixar uma resposta