Os campeões Sidi estão sempre ansiosos por vencer e agora estão de olho em novos horizontes e novos objetivos.

Há os campeões habituais que sempre estiveram cá; há aqueles que, depois de mudar de equipa no início de janeiro, podem finalmente vestir os seus equipamentos e depois há os neo-pros que preparam a sua primeira experiência no cenário do ciclismo internacional.

É um ano novo, o que significa novas camisolas, novos rostos misturando-se com os antigos e, é claro, o mesmo entusiasmo de sempre. A temporada de 2019 começou oficialmente e o pelotão está lentamente começando a tomar forma.

Várias equipas começaram a fazer alguns treinos a sério nos seus campos de treino, em Espanha, mas também houveram as primeiras corridas no exterior, longe do “Velho Continente”. A corrida já começou nos hemisférios mais quentes, onde ainda é verão, e o mês de janeiro significa tradicionalmente andar longe de casa, onde a paisagem ainda é selvagem e cativante.

A época UCI World Tour, a “primeira liga” do ciclismo mundial, teve o seu início na Austrália com a Santos Tour Down Under (15-20 de Janeiro). É um evento que irá testemunhar as novas formações do Pro Team pela primeira vez este ano. O Team Bahrain Merida e o Team Katusha – Alpecin são as duas formações do World Tour que são inteiramente patrocinadas pela Sidi, onde todos os corredores usam os sapatos fornecidos pela empresa da Maser (Treviso); mas Sidi também conta com muitos outros ciclistas distribuídos pelas várias equipes do pelotão.

Depois, há também o evento na América do Sul chamado Vuelta al Tachira (11-18 de Janeiro), na Venezuela. Sem mencionar as outras corridas no calendário, como o Tropicale Amissa Bongo (21-27 de janeiro) no Gabão, no coração da África. E o mais importante é a Vuelta a San Juan (27 / 01-03 / 02) na Argentina, que será o primeiro teste realmente importante para todos os campeões.

Se quiser ver Chris Froome (Team Sky) a correr, é preciso esperar pela Vuelta Colômbia Oro y Paz, que acontecerá de 12 a 17 de fevereiro. Vincenzo Nibali (Bahrain Merida) optou por fazer sua estreia nos Emirados Árabes, com o novo EAU Tour, que será o terceiro evento oficial do calendário UCI World Tour, programado para as datas de 24 de fevereiro a 2 de março.

Estas são apenas as primeiras “pedaladas” numa temporada que promete ser emocionante. Como de costume, o caminho para a vitória será longo, com muitas subidas e desafios a superar, mas para a Sidi e os nossos campeões, nada é impossível.

Deixar uma resposta