Pneus Schwalbe com Bi-Zona de Ar

333
A revolucionária zona dupla do pneu permite encher o pneu com pressões muito baixas!
 
Acabaram-se os furos por “mordedura”: a revolucionária tecnologia bi-zona permite encher o pneu com pressão de ar muito baixa e aumentar muito a performance do pneu.
 
Inicialmente, esta tecnologia esteve a ser desenvolvida independentemente entre a Schwalbe e o fabricante de rodas Syntace. Agora, ambas as empresas uniram esforços para erguerem e impulsionarem o desenvolvimento tecnologia bi-zona!
 
As vantagens das baixas pressões…
As pressões mais baixas aumentam significativamente a performance dos pneus. Os pneus adaptam-se melhor ao terreno, são mais flexíveis e reagem com muito maior sensibilidade. A facilidade de rolamento e em ganhar velocidade aumentam sobretudo em terreno irregular pela soberba capacidade do pneu literalmente se moldar até aos mais pequenos ressaltos do terreno!
 
E aros de mtb cada vez mais estreitos…
A marca Syntace começou uma tendência que a Schwalbe elogia: aros largos e rodas leves! Genericamente, todos os fabricantes de rodas lançam no mercado aros cada vez mais estreitos (entre 22 a 28mm), e essa tendência pode tem um fim a curto prazo. Os aros estreitos deformam e prejudicam as capacidades reais dos pneus de montanha. Por isso mesmo, a colaboração da Schwalbe a da Syntace pretende implementar medidas de aro mais largas, o que se traduz numa maior eficácia global do pneu e comportamento muito menos “esponjoso”.
 
 
A SOLUÇÃO: TECNOLOGIA SCHWALBE BI-ZONA:
 
A solução é a nova patente Schwalbe: colocar numa nova zona de ar dentro do pneu! Além da zona standard que impede os furos tipo “mordedura”, a nova zona de ar foi colocada o mais perto possível do cardado do pneu e pode ser cheia com baixíssimas pressões de ar, menos de 1 bar, sem qualquer risco de furo!
“Todos os ciclistas que testaram o novo pneu ficaram muito entusiasmados com os novos pneus Schwalbe bi-zona”, reporta Markus Hachmeyer, gestor de produto na Schwalbe.
 
• Ao colocar apenas 1 bar o mais perto possível do cardado do pneu, a aderência é titânica! A superfície de contacto aumenta e o perfil do pneu raramente derrapa ou perde aderência. Mesmo no terreno mais difícil, os pneus literalmente “cola-se” ao chão!
 
• Os pneus são o componente mais maleável da bicicleta. A extra flexibilidade e tracção desta nova tecnologia de baixas pressões aumentam significativamente o controlo sobre a bicicleta e permitem rolar nitidamente com maior velocidade. 
 
• Anti-furo tipo “mordedura”. Vai ser possível montar pneus extra-leves mesmo para os piores trilhos imagináveis. Além disso, a zona de ar adicional permite continuar a rolar mesmo quando a zona principal perde ar.
 
São esperadas novidades importantes nas próximas semanas. Uma delas, e ainda por comprovar, é o peso destes pneus, que se espera na ordem das 200gr!
 
Fonte: Schwalbe.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome