Eurocidade do Guadiana Propõe Ciclovia Para Ligar Portugal e Espanha

758

Eurocidade do Guadiana CicloviaA Eurocidade do Guadiana vai propor aos Governos de Portugal e de Espanha a criação de uma ciclovia na ponte internacional sobre o rio Guadiana para promover o turismo e a mobilidade sustentável.

“O objectivo é poder ligar, através de uma ciclovia, os dois territórios de Portugal e Espanha, designadamente aqui da Eurocidade, que inclui do lado português Vila Real de Santo António e Castro Marim, e do lado espanhol, Ayamonte,”, disse o presidente da Câmara vila-realense, Luís Gomes, à agência Lusa.

A Eurocidade do Guadiana é um projecto que junta estes três municípios – Vila Real de Santo António, Castro Marim e Ayamonte (Espanha) – e que visa a cooperação institucional transfronteiriça.

Luís Gomes explicou que, “actualmente, a ponte sobre o Guadiana tem duas faixas em cada sentido, mas ambas são estreitas” e “quem lá passa percebe perfeitamente que é perigosa a circulação nas duas faixas”, sobretudo “a uma velocidade considerável”, o que acontece habitualmente, apesar de o limite no tabuleiro ser de 70 quilómetros por hora.

“Do ponto de vista do trânsito e do tráfego, é mais seguro colocar uma única faixa, com maior largura, e assim abria-se espaço para criar uma ciclovia em cada sentido”, considerou o autarca, sublinhando que a medida pode também ajudar “a prever acidentes”.

O autarca considerou ainda que a criação de uma ciclovia entre as margens portuguesa e espanhola do rio permitiria ainda rentabilizar o investimento que Vila Real de Santo António, Castro Marim e Ayamonte já fizeram na área da construção e criação de ciclovias.

“Esta solução permitiria garantir o fluxo através de bicicletas, que se adaptam claramente ao tipo de orografia e geografia deste território e podiam assim ligar as duas margens do rio”, acrescentou Luís Gomes.

O autarca observou que a ciclovia só pode ser construída quando houver uma “posição e uma autorização dos governos português e espanhol”, já que se trata de uma ponte internacional.

A ciclovia entre Portugal e Espanha permitiria ainda ligar as duas áreas protegidas existentes em ambos os lados da fronteira nos sapais que se prolongam pela foz do rio Guadiana e que são pontos de atracção para o turismo de natureza e de observação de aves.

Estas zonas húmidas são o habitat de muitas espécies de aves e espaço de passagem para aves migratórias nos seus percursos entre África e o norte da Europa e são um dos cartazes de atracção turística dos municípios da Eurocidade.

A Eurocidade do Guadiana foi criada em Janeiro de 2013 pelos municípios de Ayamonte e Vila Real de Santo António, tendo em Maio seguinte sido alargada com a entrada da Câmara de Castro Marim, concelho onde está localizada a ponte sobre o Guadiana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome