A Câmara de Vila Real abriu o concurso público para a ciclovia que ligará o centro da cidade, a universidade e Mateus pelo preço base de 651 mil euros.

O projeto insere-se no Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano (PEDU) de Vila Real, que representa um investimento global de 17,2 milhões de euros.

Segundo o anúncio publicado hoje em Diário da República (DR), o preço base da empreitada da empreitada “Eixos cicláveis estruturantes centro Cidade – UTAD” e “Eixos cicláveis estruturantes shopping – Mateus” é de 651 mil euros, os interessados têm 30 dias para apresentarem as propostas e o prazo de execução da obra é de 360 dias.

“O PEDU tem em vista a promoção de uma mobilidade mais sustentável e assente nos modos suaves. Neste caso concreto visa o reforço da rede ciclável”, afirmou o vereador Adriano Sousa.

O objetivo do plano é, acrescentou, “dar um contributo” para a “melhoria da mobilidade na cidade” e por as pessoas a andar mais a pé ou de bicicleta, reduzindo o uso do automóvel.

Esta rede ciclável vai unir o centro da cidade e interliga-se com o antigo canal ferroviário para a zona de Mateus e também para o campus da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

Também inserido no PEDU de Vila Real, foi hoje anunciado em DR o lançamento do concurso público para a reabilitação da zona envolvente do mercado municipal, pelo preço base de cerca de 485 mil euros.

A Câmara de Vila Real abriu ainda o concurso público para a reabilitação de 24 habitações nos bairros sociais de São Vicente de Paula e da Laverqueira pelo preço base de 610 mil euros.

A empreitada abrange obras de reabilitação no interior das habitações e será feita de forma gradual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome