A quinta etapa do Giro d’Italia Virtual é um percurso com 30 km de extensão e desnível acumulado positivo de 710m que se baseia nos últimos quilómetros da Etapa 18 da Corsa Rosa que liga Pinzolo a Laghi di Cancano, Bocca del Braulio.

A equipa vencedora foi a Jumbo-Visma graças a Robert Gesink, que cumpriu o percurso virtual com o melhor tempo individual de 53 ’05”. O seu companheiro de equipa, Steven Kruijswijk conseguiu o terceiro melhor tempo individual. Jakob Fuglsang da equipa da Astana foi o segundo classificado a nível individual a 39″ de Gesink.

O tempo combinado da equipa vencedora foi de 1: 47’27”, batendo a equipa da Astana com uma vantagem de 7’53 “. A equipa classificada no terceiro posto foi a Androni Giocattoli – Sidermec a 19’48 ” dos vencedores.

A Astana, representada hoje por Jakob Fuglsang e Ion Izaguirre, manteve a Maglia Rosa e mantém uma vantagem de 26’15 ” sobre a Jumbo – Visma e de 38’07” sobre a Androni Giocattoli – Sidermec.

Na Corrida Rosa, a vitória da etapa foi para a seleção italiana, graças a Soraya Paladin e Erica Magnaldi, com um tempo combinado de 2:10’10 “. A equipa feminina de Astana terminou em segundo lugar a 2’07”, sendo Katia Ragusa a mais rápida a cumprir o percurso com um tempo de 59’30 “. A Trek-Segafredo ficou com o terceiro posto nos tempos combinados, a 6’28” das vencedoras.

A Trek-Segafredo manteve a liderança na classificação geral, com uma vantagem de 23’11” sobre a seleção italiana e 1:11’31” sobre a equipa feminina de Astana.

Soraya Paladin, da equipa nacional italiana (acima), terminou em segundo a 2’36 “de Katia Ragusa (equipa feminina de Astana) e junto com Erica Magnaldi, venceram a quinta etapa da Corrida Rosa.