A evolução da F1-X, topo de gama de suspensão total na gama Olympia continua com baixo peso, estabilidade e segurança de condução como as suas principais caraterísticas.

Olympia F1-XMuitas melhorias estruturais foram introduzidas no modelo F1-X para responder às necessidades dos ciclistas que apreciam cada vez mais os trilhos de declives técnicos e rotas sinuosas.

Mais uma vez, a Olympia foi capaz de aproveitar ao máximo o valioso feedback obtido dos seus atletas – em primeiro lugar, os irmãos Braidot – competindo nos principais campeonatos de XCO e Maratona.

O quadro monocoque da Olympia F1-X é feito de materiais de fibra de carbono T1000, T800, T700 e M40J do fabricante líder Toray. Graças à tecnologia EPS, foi possível reduzir o peso do quadro em 5% e aumentar a sua rigidez.

O sistema EPS de “molde duplo” exclusivo, elimina o excesso de material e garante o máximo controlo de superfícies e espessuras tanto no interior como no exterior. O resultado é um design de quadro elegante e polido, perfeitamente em linha com as especificações de design.

A escora foi encurtada em 3 mm para uma resposta mais rápida ao aumentar a velocidade – mas esta não é a única grande melhoria para esta parte do veículo. O formato das escoras foi reprojetado para melhorar a elasticidade com uma suspensão bloqueada: isso garante maior conforto de condução e, ao mesmo tempo, melhora a aderência da roda traseira.

O recém desenvolvido F1-X usa um link de fibra de carbono mais leve e fiável. Tudo isto, combinado com uma suspensão Trunnion de longo curso (+ 5 mm), garante um design mais compacto e uma ação mais gradual da escora traseira.

Outra novidade é a realocação do arnês dos cabos acima da caixa do eixo pedaleiro por forma a conecta-la à escora, para melhorar a proteção da cablagem. Na base do tubo vertical, na interseção entre a escora e o quadro, foi aplicada uma placa de borracha protectora, para evitar que a sujidade do piso penetre na área do arnês dos cabos.

A diminuição da distância entre a altura do pedaleiro e da direcção, torna a F1-X mais compacta e mais fácil de conduzir em curvas, enquanto o tubo de vertical se moveu para os 75 graus, evitando que a roda dianteira se levante do solo nos troços mais íngremes da subida.

O alcance horizontal foi aumentado. A combinação da abertura do ângulo de direção de 69° e a redução de 44mm no desfasamento do eixo da roda, com as pernas da suspensão, garantem alta estabilidade na extremidade dianteira, sem afetar o manuseio da bicicleta em mudanças bruscas de trajetória.

Um dos principais pontos fortes do modelo topo de gama da Olympia é o seu Controlo de Estabilidade. O conjunto de direção, com a sua inconfundível forma “O”, foi projetado para ser mais rígido para evitar flexão e garantir uma viragem de guiador limitada. Isso também contribui para a distância entre eixos total mais compacta e excelente manuseio da F1-X. O acoplamento do tubo do vertical também foi reforçado.

Os arneses dos cabos estão integrados. Para facilitar o deslizamento destes e proteger as entradas, aplicaram-se linguetas especialmente orientadas nas entradas das bainhas.

A F1-X está preparada de fábrica para equipar pneus 2.35”. Está disponível nos padrões de cores Branco / Azul / Laranja / Carbono e Preto / Cinza / Verde / Carbono e nos tamanhos S, M, L, XL.

A nova Olympia F1-X é uma BTT altamente técnica, capaz de responder às necessidades dos ciclistas mais exigentes, mas também para entreter os amantes do granfondo que têm a estabilidade e a sensação de segurança como suas principais prioridades.

Mais informações sobre a Olympia F1-X em www.olympiacicli.it.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome