Miranda Factory Team ruma ao sul para cumprir segunda etapa da Taça de Portugal de DHI

46

São Brás de Alportel vai ser a capital do Downhill (DHI) no próximo fim-de-semana para receber a segunda prova da Taça de Portugal, corrida de classe 1 UCI, que conta com a participação dos três pilotos da Miranda Factory Team.

Entre os dias 16 e 18 de março a pista do Arimbo, em plena Serra do Caldeirão, vai ser palco da mais importante competição da modalidade, com um percurso que vai testar a perícia de todos os participantes.

A 2ª etapa da Taça de Portugal de DHI arranca amanhã, sexta-feira, com a abertura da pista às 14 horas para reconhecimento a pé e treinos livres. Sábado, dia 17, voltam a realizar-se treinos livres durante a amanhã e as primeiras competições realizam-se entre as 14 e as 18 horas.

Domingo há treinos entre as 9 e as 10.30 horas, sendo seguidos das mangas de qualificação, que começam às 11 horas, enquanto a descida que decidirá a classificação final arranca às 14 horas.

Vasco Bica, Tiago Ladeira e Gonçalo Bandeira, os três elementos da Miranda Factory Team, equipa criada pela Miranda&Irmão, estão muito motivados para a prova, onde esperam conseguir os melhores resultados, ao serem os mais rápidos das mangas de qualificação da pista do Arimbo.

Vasco Bica, o Elite da Miranda Factory Team, que garante ter treinado bem para a prova, espera agora ser o mais rápido na sua categoria. O atleta bairradino entende que “a pista de São Brás de Alportel é curta mas explosiva, onde a performance física e a aerodinâmica vão fazer toda a diferença neste trajeto disputado sempre ao milésimo”.

Tiago Ladeira, já recuperado da lesão no ombro que sofreu em Tarouca, assegura que vai “lutar pela vitória no Algarve”, em Juniores e diz esperar “que a prova corra bem para toda a equipa, para que juntos consigamos os melhores resultados”.

Para o Cadete Gonçalo Bandeira, “o Algarve é a primeira de duas corridas importantes que se seguem e tanto nesta prova como na da Lousã quero fazer uma boa corrida e tentar mais um bom resultado na geral final”.

São esperados este fim-de-semana em São Brás de Alportel os melhores especialistas lusos e alguns dos pilotos da elite mundial desta modalidade, num total de cerca de 250 atletas de 12 nacionalidades, que vão da Rússia à Austrália, passando por vários países da Europa.

Por tratar-se de uma competição de classe 1 e por Portugal estar cada vez mais na rota das equipas e dos praticantes de DHI para estágios, treinos e competições de início de temporada, espera-se uma grande prova e com grande afluência de público.

A organização está a cargo da Federação Portuguesa de Ciclismo, em parceria com a Associação Xdream Blásius e o Município de São Brás de Alportel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome