Dentro de uma semana, José Antonio Hermida e Joaquim ‘Purito’ Rodríguez (MERIDA FACTORY RACING) embarcarão na sua terceira aventura no Absa Cape Epic (17-24 de março de 2019), juntos na tentativa de melhorar a performance do ano passado e deixar a sua marca no categoria Master, altamente competitiva.

O ex-campeão mundial e experiente corredor do Cape Epic, José Antonio Hermida, tem duas participações com o seu amigo e parceiro de treinos Joaquim ‘Purito’ Rodríguez, tendo 2017 sido o ano de estreia em BTT para o ex-profissional.

Após um sólido desempenho em 2017, ficou claro que esta dupla voltaria em 2018, e foi o que aconteceu. Depois de um começo promissor, “Purito” (espanhol para “pequeno charuto”) sofreu um enorme acidente na 2ª etapa, o que diminuiu significativamente a equipa e teve de ser alterada a estratégia para o restante evento.

A equipa mostrou a sua tenacidade e conseguiu completar a prova, terminando a sua aventura em Cape Town. Em 2018, terminaram com um impressionante resultado nos dez primeiros, na fase final, mostrando claramente que têm capacidade para estar na frente da prova.

Os preparativos para o evento de 2019 têm corrido bem com Joaquim ‘Purito’ Rodríguez sendo capaz de melhorar ainda mais as suas habilidades no BTT, Este ano também foi repleto de contrariedades uma vez que o seu companheiro de equipa fraturou a mão em vários sítios e teve de passar por várias cirurgias  para prepará-lo novamente.

“Claro que após a cirurgia da mão, como eu tinha três ossos partidos e necessidade de metal para resolver o problema, as coisas são um pouco desafiantes. Neste momento tenho algumas dúvidas de que poderei usar a minha mão 100% em todos os esforços e longas etapas, mas como sempre faremos o melhor possível, veremos o que cada dia traz. Mão ferida ou não, o Cabo sempre nos atira com desafios imprevistos, e temos que aprender a lidar com eles, um após o outro.

É uma corrida por etapas e, felizmente, a nossa equipe traz muita e muita experiência para a competição. ” afirma José.

Para 2019, a equipa tem um objetivo claro. Fazer com que “Purito” se torne um membro do “Amabubesi” (significa “orgulho dos leões” em Zulu), o exclusivo Absa Cape Epic Finisher Club (é preciso terminar três Cape Epics para ser convidado) e demonstrar o que eles podem fazer na categoria Master, altamente competitiva.

A intenção é deixar sua marca nas várias etapas e desempenhar um papel fundamental na classificação geral do evento.

Este ano, os atletas não estão apenas a participar numa nova categoria, mas também levarão uma nova bicicleta para o evento. Com o lançamento da ultra-versátil ONE-TWENTY para 2019, a equipe sentiu fortemente que pode se beneficiar desta nova máquina e levará a ONE-TWENTY 9000 ligeiramente modificada, para a linha de partida.

José explica: “Bem, estamos totalmente convencidos de que a ONE-TWENTY é a bicicleta do futuro. Esta máquina ultra versátil está ao mesmo nível da bicicleta de 100 mm, com mais ou menos peso, mas aumenta a estabilidade e a ‘segurança’ em conjunto com uma aceleração rápida e muita diversão, especialmente quando o terreno se torna mais exigente”.

José e ‘Purito’ vão usar a versão ONE-TWENTY mais orientada para maratona / prova por etapas, a ONE-TWENTY 9000. A bicicleta é projetada com suspensão dianteira e traseira de fábrica, Fox, grupo XTR Shimano, rodas FULCRUM RED PASSION 29” em aluminio, pneus Maxxis (José) e Continental (‘Purito’), selim Prologo e componentes de carbono MERIDA. O peso total é de 10,7 kg.

Reynaldo Ilagan, gestor de produto da MERIDA comenta: “A Nossa nova ONE TWENTY é o ápice da nossa tecnologia de suspensão total. A nova versão de, 120mm, da nossa bicicleta não é apenas a bicicleta com maior durabilidade da nossa linha de suspensão total, mas também uma das mais rígidas. Ambas as características não são apenas importantes quando você leva a bicicleta para os trilhos, mas também é fundamental a capacidade de suportar as tensões de uma etapa exigente como o Cape Epic”.

Ele continua: “O nosso design Float Link é muito favorável e torna a ONE TWENTY fantástica para pedalar e bem suportada através do quadro rígido, absolutamente incrível em aceleração. Finalmente, a nova geometria ajudará a manter a bicicleta estável e firme em particular se os corredores estiverem mais cansados no final das etapas. A ONE-TWENTY 9000 seria a minha primeira escolha também”.

Tal como nos últimos dois anos, a equipa irá participar como MERIDA FACTORY RACING e terá o seu próprio equipamento exclusivo baseado no design da equipa BAHRAIN MERIDA ROAD RACING TEAM, mas com um conjunto diferente de cores, que se aproxima dos tons suaves da nova máquina de corrida.

Mais uma vez, a equipa fará vídeos diários das etapas, que serão compartilhados através dos meios de comunicação social da MERIDA, do canal do YouTube da MERIDA BIKING TEAM, bem como em www.merida-bikes.com.

Deixar uma resposta