Bruno Araújo venceu o Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins

652

Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães  Troféu José Martins (3)Bruno Araújo (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense) venceu isolado o Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins, prova pontuável para a Taça de Portugal de Juniores e para a Taça do Minho de Ciclismo de Estrada – Arrecadações da Quintã. Organizada pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo, com o apoio da Câmara Municipal de Fafe, a corrida foi disputada sob condições atmosféricas adversas com a chuva, o vento e o frio a dificultarem o desempenho dos 145 corredores que alinharam à partida.

O percurso do Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães / Troféu José Martins, na extensão de 177 quilómetros, incluiu passagens pelos concelhos de Fafe, Guimarães, Felgueiras e Póvoa de Lanhoso, tendo contado com a participação de um extenso pelotão em representação de 22 equipas.

Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães  Troféu José Martins (1)Com partida e chegada nas imediações da Junta de Freguesia de Golães, apesar das más condições climatéricas, a prova contou com a presença de bastante público. Vítor Moreira (Vereador da Câmara Municipal de Fafe), Filipe Silva (Presidente da Junta de Freguesia de Golães), Francisco Marinho (membro do Conselho de Arbitragem da FPC e Vice-Presidente Honorário da ACM), assim como os sócios honorários e de mérito da ACM José Martins, Mário Miranda, Francisco Sousa, José Luiz Galdamez, Jorge Gonçalves e Manuel Castro foram algumas das individualidades que marcaram presença na competição organizada conjuntamente pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo com o apoio da Câmara Municipal de Fafe

Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães  Troféu José Martins (2)O corrida de ciclismo proporcionou um excelente espetáculo desportivo, onde não faltaram momentos de grande competitividade, com a vitória final a resultar de uma fuga bem-sucedida que permitiu a Bruno Araújo (Sicasal/Liberty Seguros/Bombarralense) chegar isolado à seletiva subida em direção meta final instalada nas imediações da Junta de Freguesia de Golões.

As várias tentativas de fuga e as movimentações constantes no grupo principal de corredores, assim como as dificuldades do percurso, fizeram com que o pelotão chegasse fracionado à meta. Ainda antes de uma primeira passagem pela meta surgiram vários ataques, com o desgaste da fase inicial do trajeto e as condições do estado do tempo a fazerem com que o pelotão se fragmentasse e provocasse a desistência de alguns corredores.

Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães  Troféu José Martins (5)Bruno Araújo cumpriu o percurso à média de 39.083 km/h, cortando a meta isolado com a vantagem de 1m23s para o segundo classificado, Fábio Silva (A.C.D.C. – Trofa). O terceiro foi Pedro Braga (A.C.D.C. – Trofa), a 1m23s do vencedor, seguindo-se na classificação final Diogo Bandeira (Mato-Cheirinhos/Liberty Seguros/Vila Galé), António Almeida (Moreira Congelados/Feira/Bicicleta Andrade), José Sousa (Silva & Vinha / ADRAP / Sentir Penafiel), Pedro Lopes (Alcobaça C C  / Crédito Agrícola), Nélson Pereira (Escola de Ciclismo Carlos Carvalho), Gonçalo Ferreira (Academia Joaquim Agostinho / UDO) e João Carneiro (Maia).

A classificação por equipas foi ganha pela formação ACDC – Trofa, seguindo-se as formações Sicasal / Liberty Seguros / Bombarralense e Moreira Congelados / Feira / Bicicleta Andrade.

O Prémio Junta de Freguesia de Golães / Troféu José Martins foi organizado pela Associação de Ciclismo do Minho e pela Federação Portuguesa de Ciclismo, contando com o patrocínio da Câmara Municipal de Fafe e o apoio da Freguesia de Golães, Bombeiros Voluntários de Fafe, Arrecadações da Quintã, Cision, Raiz Carisma – Soluções de Publicidade, POPP Design, Salvaggio, Controsafe, Jopedois, Fafefuel, Guimarpeixe, Auto Terror, Ciclismo a fundo (revista oficial) e Roda na Frente.

Prémio de Ciclismo Freguesia de Golães  Troféu José Martins (4)Nos últimos anos Golões tem acolhido competições de ciclismo regulares organizadas pela Associação de Ciclismo do Minho. Além disso, em 2009, numa jornada impagável da memória, a Associação de Ciclismo do Minho promoveu no final do Troféu José Martins / Taça de Portugal de Juniores a apresentação do livro “A Magia do Tour – Participação dos corredores portugueses” escrito a quatro mãos por Alves Barbosa e José Magalhães Castela. O cenário desta apresentação foi a Junta de Freguesia de Golães, tendo contado com a magia dos autores que obsequiaram os inúmeros presentes com saudosas histórias de um tempo em que o ciclismo era praticado, não só na sua mais interna pureza desportiva, mas também na sua sempre necessária vertente saudável.

Na apresentação do livro, Alves Barbosa presenteou a assistência com algumas das suas memórias da aventura da volta ciclista mais apreciada no mundo, enquanto José Magalhães Castela aproveitou a ocasião para elencar praticamente toda a vida do fafense José Martins, numa singela homenagem que quis prestar a este antigo ciclista, sócio honorário da ACM e participante no “Tour de France”.

Também nesse ano de 2009, a Câmara Municipal de Fafe e a Junta de Freguesia de Golães homenagearam no final da prova José Martins e o seu irmão Manuel Martins, igualmente ex-ciclista.

Mais recentemente, a Associação de Ciclismo do Minho promoveu em 2014 aquando da habitual prova de ciclismo uma cerimónia de entrega de distinções a dirigentes desportivos de Fafe em reconhecimento pelo mérito do desempenho de funções associativas ao longo de mais de três décadas. Na sequência da deliberação da Assembleia-Geral, a ACM entregou a distinção de Presidente Honorário aos fafenses Manuel Fernandes Castro e Jorge Filipe Gonçalves e de Vice-Presidente Honorário a Francisco Orlando Marinho, enaltecendo os relevantes serviços prestados ao Ciclismo e à Associação de Ciclismo do Minho.

José Martins – Glória do ciclismo é natural de Golães

Importante freguesia do concelho de Fafe, Golães é a terra natal de José Martins um consagrado ciclista português, premiado com uma carreira internacional assinalável. Ao longo do seu percurso como profissional (1971-1980) envergou as camisolas da Coelima, Canada Dry-Gazelle, Kas-Campagnolo, Teka e Moliner-Vereco, ao serviço das quais obteve destacados resultados: Volta a Portugal/1972 e 1973 (2º e 3º), Volta à Madeira/1974 (1º), Volta à Catalunya/1974 (1º), Volta a Mallorca/1974 (1º), Volta a Aragón/1975 (2º), Volta ao País Basco/1975 (3º), Vuelta à Espanha/1975 (6º), Tour Suisse/1976 (1º Prémio da Montanha) e Tour de France/1976, 1977 e 1978 (12º, 17º e 22º).

Golães apresenta-se como uma das freguesias mais extensas, mais povoadas e mais desenvolvidas do concelho de Fafe, situando-se a quatro quilómetros da sede do concelho e estendendo-se encosta fora na margem esquerda do rio Vizela.

Como coletividades ativas e atuantes, a comunidade de Golães conta, entre outras, com a prestigiada Banda de Golães.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome