A terceira edição do Trans Madeira arrancou esta terça-feira com a presença de 60 atletas de 15 nacionalidades.

Trans Madeira 2020 arranca para o terceiro dia com Emanuel Pombo a liderar
© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

Seguindo as normas e recomendações das entidades de saúde a organização elaborou um plano de contingência específico e um plano de comunicação claro com os atletas, acompanhando todo o processo de marcação de viagens.

“Tivemos que ser flexíveis no processo de inscrições e acabamos por dar a opção para alterar para 2021, um reembolso ou tentar realizar um evento mais pequeno ainda este ano” – afirma António Abreu, membro da organização.

© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

O Trans Madeira consiste numa travessia da ilha de bicicleta ao longo de cinco dias de competição, passando pela maioria dos municípios da região. Para esta edição especial, a organização reduziu a quantidade de subida com o objetivo de tornar o evento mais divertido e uma celebração de regresso à ‘normalidade’.

Trans Madeira 2020 arranca para o terceiro dia com Emanuel Pombo a liderar
© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

À semelhança dos anos anteriores serão cerca de 220km de aventura e 27 etapas especiais, com início em Machico e fim no Paul do Mar.

Emanuel Pombo caminha para o ‘hat-trick’

© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

A prova arrancou na terça-feira com 46km de percurso total e 2700 metros de descida, distribuídos por seis etapas especiais na zona de Machico, Santa Cruz e Funchal.

“Parece que andei em seis países diferentes no mesmo dia de prova! Os trilhos são fantásticos e são melhores que as imagens que vemos na internet.” – afirma Jason Gidney, atleta britânico.

Trans Madeira 2020 arranca para o terceiro dia com Emanuel Pombo a liderar
© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

O segundo dia teve início no Chão da Lagoa, com algumas das maiores etapas algumas realizadas no evento até à data, com um total de 40km e 2800 metros de descida, com passagem pelos mesmos três municípios.

Após dois dias de competição a liderar está Emanuel Pombo, o atleta da Miranda Factory Team que busca a terceira vitória consecutiva no evento, contando já com mais de um minuto de vantagem sobre os britânicos Brendan Fairclough e Jono Jones.

© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

“Esta prova faz-me sentir um estrangeiro na ilha onde nasci. Regresso por causa da aventura, dos trilhos e da camaradagem que se gera ao longo da semana. É um evento único!” refere o Emanuel Pombo que tem brilhado no Campeonato do Mundo de E-bikes.

© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

A categoria feminina está a ser dominada pela dinamarquesa Mette Kronborg, seguindo-se da suíça Anja Hovorka e americana Terah Smith.

© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

O Trans Madeira 2020 segue agora para o dia mais desafiante de todo o evento que consiste numa travessia entre o Sul e o Norte terminando em São Vicente, isto se a meteorologia permitir.

© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

Os últimos dias serão passados no Porto Moniz e Calheta, com final no Paul do Mar à semelhança dos anos anteriores.

© Trans Madeira | Tiago Nunes e João Fânzeres

Toda a informação em www.trans-madeira.com.