O prodigioso ciclista belga, Remco Evenepoel fará sua estreia em Grandes Voltas no mês de maio, na 103ª edição do Giro d’Italia.

© Sigrid Eggers | Deceuninck – Quick-Step Cycling Team

Um dos ciclistas que mais se destacou em 2019, ano em que deu o salto dos juniores diretamente para o World Tour e que chamou a atenção, em todas as corridas em que participou, Remco Evenepoel irá estrear-se numa grande volta, dentro de quatro meses.

Este ano o Giro d’Italia arranca de Budapeste, cidade anfitriã da 14ª partida estrangeira, na história do evento.

Vencedor de cinco corridas na temporada de estreia com a Deceuninck – Quick-Step, incluindo o Tour da Bélgica, Clasica San Sebastian e o Campeonato Europeu de contrarrelógio individual – Evenepoel, que brevemente completará 20 anos de idade, será um dos ciclistas mais jovens alinhado à partida, mas o belga não se incomoda com isso, encontrando-se motivado pela sua estreia num Grand Tour.

Remco Evenepoel Giro d'Italia
© Sigrid Eggers | Deceuninck – Quick-Step Cycling Team

“Estou realmente ansioso por estar presente na que será a minha primeira corrida de três semanas, o Giro d’Italia, um evento enorme e de grande prestígio. Estou feliz que a equipa tenha acreditado em mim e me tenha proporcionado esta incrível oportunidade.”

“Será uma grande experiência ver como vou me sentir e lidar com as três semanas exigentes e os obstáculos que estão pela frente, mas, ao mesmo tempo, estou muito motivado para descobrir o Giro. O plano é dia após dia, ver como corre, dar o meu melhor sempre e aproveitar enquanto continuo a aprender”, disse Remco, que iniciará sua temporada dentro de duas semanas, na Vuelta a San Juan.

© Sigrid Eggers | Deceuninck – Quick-Step Cycling Team

O Giro D’Italia realiza-se entre os dias 9 e 31 de maio, contará com três contrarrelógios individuais e uma série de subidas icónicas, incluindo Etna, Monte Bondone, Madonna di Campiglio, Passo dello Stelvio, Colle dell’Agnelo, Montgenèvre, Col d ‘ Izoard e Sestriere.