Raúl Alarcón sofreu hoje uma fratura na clavícula direita na última etapa do Grande Prémio Abimota e será operado “nas próximas horas”, informou a equipa W52-FC Porto.

Raúl Alarcón
© João Fonseca Photographer

Em comunicado, os ‘dragões’ confirmam a lesão de Raúl Alarcón, de 33 anos, a pouco mais de um mês do arranque da Volta a Portugal, em 31 de julho, e indicam que depois da intervenção cirúrgica Alarcón vai “iniciar de imediato o processo de recuperação”, não revelando quanto tempo poderá estar afastado da competição ou se falhará a ‘prova rainha’ do ciclismo nacional.

A quarta e última etapa do Grande Prémio Abimota, vencida pelo espanhol Gotzon Martin (Euskadi), ficou marcada pela queda aparatosa do chefe de fila dos ‘azuis e brancos’, num local em que acabaram por cair outros ciclistas, segundo a organização devido ao piso “degradado” naquele troço.

Raúl Alarcón
© João Fonseca Photographer

Raúl Alarcón chegou mesmo a estar “vários segundos inconsciente”, explicou fonte dos serviços médicos da prova, em consequência de uma queda “grave”, durante uma descida a alta velocidade, na qual outros ciclistas também acabaram por cair.

Deixar uma resposta