O francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-Quick Step) venceu hoje a segunda etapa da 59.ª edição da Volta ao País Basco em bicicleta, cuja geral individual continua a ser liderada pelo alemão Maximilian Schachmann (BORA-hansgrohe).

Photo Anton Vos/Cor Vos © 2019

O francês, que hoje somou a oitava vitória em 2019, bateu os restantes favoritos num ‘sprint’ reduzido, cortando a meta com um segundo de vantagem para os rivais. Alaphilippe percorreu os 149,5 quilómetros entre Zumarraga e Gorraiz em 3:29.37 horas.

PUB

Em segundo lugar terminou o belga Bjorg Lambrecht (Lotto Soudal), seguido do polaco Michal Kwiatkowski (Sky), que já tinha sido terceiro no primeiro dia, enquanto o camisola amarela acabou em sexto.

Photo Anton Vos/Cor Vos © 2019

Schachmann lidera com cinco segundos de vantagem para Alaphilippe e 10 para Kwiatkowski, num dia em que os favoritos à vitória final se ‘marcaram’ para evitar perder tempo, com destaque para o mau dia do britânico Adam Yates (Mitchelton-Scott), que perdeu mais de um minuto e caiu para 36.º.

Photo Anton Vos/Cor Vos © 2019

Ruben Guerreiro (Katusha-Alpecin) foi o único ciclista luso a terminar nos 100 primeiros, no 63.º posto, e é 57.º à geral, enquanto o colega de equipa José Gonçalves caiu para 90.º, ao cortar a meta em 133.º, mais de 12 minutos depois do vencedor.

No mesmo grupo chegou Amaro Antunes (CCC), em 109.º, e Ricardo Vilela (Burgos-BH), em 124.º, enquanto José Neves (Burgos-BH) foi 153.º, cedendo mais de 14 minutos.

Deixar uma resposta