O ciclista italiano Davide Martinelli (Astana) tem utilizado a bicicleta para entregar medicamentos aos mais desfavorecidos na zona da Lombardia, uma das mais afetadas pela pandemia de Covid-19, revelou hoje o companheiro de pelotão Chris Froome (INEOS).

O britânico, quatro vezes vencedor da Volta a França, destacou na rede social Twitter o gesto de Martinelli, uma ideia “genial em tempos tão tristes”.

O corredor de 26 anos, filho do diretor da Astana, Giuseppe Martinelli, entrega medicamentos e outros bens de primeira necessidade na cidade de Lodetto, equipado apenas com a bicicleta, uma máscara, luvas e uma mochila, apoiando sobretudo os idosos, mais vulneráveis à infeção.

Martinelli revelou que a ideia partiu do primo, Stefano, e de um grupo de amigos, que iniciaram um esquema de distribuição de medicamentos pelas pessoas de terceira idade da zona onde vivem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome