PUB
blank

Mogadouro será palco, no próximo fim de semana, do Campeonato Nacional de Estrada para elite, sub-23, femininas e paraciclistas, prevendo-se que junte cerca de 300 corredores em competição. Num fim de semana de atribuição de títulos de estrada, os masters disputam o seu Campeonato Nacional em A-do-Barbas, Leiria, sábado e domingo.

O concelho de Mogadouro recebe as primeiras corridas na sexta-feira, 24 de junho. Nesse dia serão atribuídos os títulos nacionais de contrarrelógio individual, nas categorias de elite (homens e mulheres), sub-23 masculinos e paraciclismo.

PUB
blank

Haverá dois percursos, ambos com partida na Avenida dos Comandos e chegada na Avenida Nossa Senhora do Caminho. Às 10h30 começa a correr-se nos 21,5 quilómetros que serão cobertos pela elite feminina, pelos sub-23 e pelos paraciclistas. A saída do primeiro corredor de categoria masculina de elite está prevista para as 12h15. O percurso a completar será de 33,6 quilómetros.

As provas de fundo terão como epicentro um circuito de 22,3 quilómetros, com início e final na Avenida Nossa Senhora do Caminho. É um traçado seletivo, rompe-pernas, sem ser excessivamente duro. Terá de ser a audácia dos corredores a espicaçar a seletividade, aproveitando também as zonas menos abrigadas, uma vez que se prevê vento com algum significado.

As femininas são as primeiras a competir nas provas de fundo, às 9h30 de sábado. As corredoras de elite vão completar 87,6 quilómetros, as juniores, as masters 30 e as masters 40 têm por diante 65,3 quilómetros, enquanto a prova de cadetes e de masters 50 irá ficar-se pelos 43 quilómetros.

Ainda no sábado, a partir das 14h30, disputa-se a prova de fundo para sub-23. Os jovens ciclistas das equipas continentais e de clube vão completar 132,2 quilómetros, resultantes de seis voltas ao circuito.

O programa de domingo abre com o Campeonato Nacional de Fundo de Paraciclismo, às 9h00, que será realizado sobre um trecho de 7,1 quilómetros do circuito comum às restantes corridas.

Às 11h30 será dado o tiro de partida para a corrida mais aguardada do programa, a prova de fundo para a elite masculina, que terá 167,5 quilómetros. Os primeiros 56,4 quilómetros serão feitos fora do circuito, com passagem por Valverde, Meirinhos e Santiago. Depois do regresso a Mogadouro, a prova corre-se no circuito delineado para todo o Nacional, terminando à quinta passagem pela meta.

Prevê-se a participação dos corredores nacionais das equipas portuguesas, assim como de alguns dos ciclistas portugueses que representam equipas estrangeiras. Neste momento estão já inscritos João Almeida, Ivo Oliveira, Rui Oliveira e Daniel Viegas.

Também com mais de 200 participantes, vai realizar-se, em A-do-Barbas, Leiria, o Campeonato Nacional Master. No sábado disputam-se os contrarrelógios e no domingo as provas de fundo.

O exercício individual será comum a todas as categorias competitivas, desde os amadores de elite até aos masters 70. Trata-se de um percurso de 18,5 quilómetros. O primeiro ciclista parte às 14h00 de sábado.

No domingo, o tiro de partida da prova de fundo acontece às 10h00. Os participantes desde a categoria de elite até master 35 vão pedalar ao longo de 143,5 quilómetros. Os masters 40 e 45 enfrentam 116,6 quilómetros, a prova de masters 50 e 55 tem 84,8 quilómetros, enquanto os maiores de 60 vão pedalar ao longo de 63,6 quilómetros.

Mais eventos oficiais:

24 de junho: Passeio Dia Um de Portugal, Guimarães
26 de junho: 4.º Prémio de Ciclismo HM Motor, Barcelos
26 de junho: Campeonato AC Porto de XCO, Tougues, Vila do Conde
26 de junho: 2.ª Prova da Taça da Beira Alta de XCM, Molelos, Tondela
26 de junho: Encontro de Escolas de BTT, Abrantes
26 de junho: Prémio Juvenil de Palmela
26 de junho: 3.ª Prova Taça da Madeira de XCO, Terreiros, Santa Cruz

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui