Absa Cape Epic 2018 3ª Etapa | Luís Leão Pinto mantém top 5

402
Fotografia por Nick Muzik/Cape Epic/SPORTZPICS

Uma fuga no início da Etapa 3 trocou as voltas à categoria masculina e consequentemente à classificação geral enquanto a corrida seguiu para Worcester.

A transição da Etapa 3 de Robertson para Worcester pode ser a etapa mais longa da corrida deste ano, mas com apenas 1800m de acumulado distribuídos por 122 km, é também a mais plana. Condições ideais para as máquina com motores turbo-diesel, como Jaroslav Kulhavy (Investec Songo Specialized) e os maestros de maratonas, Alban Lakata e Kristian Hynek (Canyon Topeak). Apesar dos intensos esforços provocados pelos furos de ontem – em que Howard Grotts perseguiu com cautela os líderes – foi a Investec Songo Specialized que aumentou a pressão ao acelerar o ritmo.

Fotografia por Nick Muzik/Cape Epic/SPORTZPICS

A Canyon Topeak mostrou as suas intenções ao alcançar o Dimension Data Hotspot antes da Centurion Vaude. À medida que os líderes se aproximavam da base da subida Pieter’s Express, a Investec Songo Specialized atacou, o que acabaria por ser a jogada do dia. Apenas a Canyon Topeak teve reservas suficientes para embarcar no Expresso Checo e garantir um bilhete de só de ida para HTS Drostdy em Worcester.

“Chegámos à frente no Dimension Data Hotspot e, depois disso, apenas continuámos. Felizmente, tivemos Jaro (Kulhavy) do nosso lado – ele é como uma locomotiva”, disse Lakata.

Fotografia por Nick Muzik/Cape Epic/SPORTZPICS

A fuga foi cimentada ao marcador dos 29 km, onde a Investec Songo Specialized ganhou a liderança virtual com uma vantagem de 2,24,4 sobre a equipa da jersey amarela. A estratégia de forçar uma fuga desde muito cedo compensou e, com Kulhavy e Lakata inseridos nela, a velocidade média na frente da corrida atingiu uns brutais 28 km/h. Mais à frente, a Cannondale Factory Racing encontrou-se rodeada pela Buff Scott MTB de Luís Leão Pinto (que manteve a 5ª posição da Classificação Geral), Trek Selle San Marco 1, Centurion Vaude, BULLS 2 e KMC EKOÏ SRSuntour.

Com apenas mais 15 km para batalhar, Howard Grotts foi apanhado numa zona de areia que acabaria por oferecer à Canyon Topeak a sua primeira vitória em etapas da Absa Cape Epic 2018 – a primeira de Lakata desde 2010.

Fotografia por Shaun Roy/Cape Epic/SPORTZPICS

Apesar de terminarem pouco mais de um minuto atrás da Canyon Topeak, Kulhavy e Grotts conseguiram roubar a jersey amarela à Cannondale Factory Racing. Grotts, tornou-se o primeiro americano a usar amarelo no Absa Cape Epic.

2018 Etapa 3 Masculinos

Resultados da Etapa

1.º Canyon Topeak – Alban Lakata / Kristian Hynek – 4:17,14,1

2.º Investec Songo Specialized – Jaroslav Kulhavy / Howard Grotts – 4: 18,25,4

3.º Cannondale Factory Racing – Manuel Fumic / Henrique Avancini – 4:23,01,4

Resultados gerais

1.º Investec Songo Specialized – Jaroslav Kulhavy / Howard Grotts – 13:20,44,9

2.º Cannondale Factory Racing – Manuel Fumic / Henrique Avancini – 13:22,57,6

3.º Canyon Topeak – Alban Lakata / Kristian Hynek – 13:23,59,3

Songo mantém seu registo intacto

Fotografia por Mark Sampson/Cape Epic/SPORTZPICS

Langvad e Courtney aumentam a liderança em mais de 12 minutos com a quarta vitória em quatro dias.

A equipa Investec Songo Specialized manteve o seu registo invicto na categoria Feminina, reivindicando a 4ª vitória na etapa mais longa do Absa Cape Epic desta quarta-feira.

Annika Langvad e Kate Courtney conseguiram afastar-se das suas rivais que não puderam fazer nada para impedir a caminhada inabalável em direcção ao título de 2018, no percurso de 122 km de Robertson até Worcester – e nem mesmo um acidente com alguns outros atletas perto do final, que derrubou as duas líderes, poderia parar o seu progresso.

Ariane Lüthi e Githa Michiels da equipa Spur e a renascida Ascendis Health de Sabine Spitz e Robyn de Groot batalharam durante toda a corrida. Embora ambas as equipas tenham passado o tempo a perseguir as suas rivais, as posições nos degraus mais baixos do pódio foram decididas num sprint com Lüthi e Michiels a reivindicar o segundo lugar, também pelo quarto dia consecutivo.

Fotografia por Mark Sampson/Cape Epic/SPORTZPICS

Apesar de seu desempenho dominante ao longo do Prólogo e das três primeiras etapas, Langvad e Courtney sabem que não podem dar nada como certo, e as dificuldades que enfrentaram na quarta-feira comprovaram esse ponto de vista.

“A questão acerca deste terreno é que é muito duro e podemos ter problemas mecânicos”, disse Langvad. “Mesmo que no papel pareça uma vantagem confortável, ainda temos que ter um desempenho sólido porque é tudo muito imprevisível e muitas coisas podem acontecer lá fora.”

2018 Etapa 3 Femininas

Resultados da Etapa

1.º Investec Songo Specialized – Annika Langvad / Kate Courtney – 5:04,32,7

2.º Spur – Ariane Lüthi / Githa Michiels – 5:10,11,8

3.º Ascendis Health – Sabine Spitz / Robyn De Groot – 5:10,15,0

Resultados gerais

1.º Investec Songo Specialized – Annika Langvad / Kate Courtney – 15:20,57,7

2.º Spur – Ariane Lüthi / Githa Michiels – 15:33,08,4

3.º Silverback – KMC – Mariske Strauss / Annie Last – 15:45,09,0

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome