Volta à Andaluzia | Tim Wellens vence contrarrelógio e consolida liderança

63

O ciclista belga Tim Wellens (Lotto-Soudal) consolidou hoje a liderança da Volta à Andaluzia, ao vencer o contrarrelógio da terceira etapa, entre Mancha Real e La Guardia de Jaén, num total de 16,2 quilómetros.

Depois de já ter vencido a primeira etapa, Tim Wellens voltou a ser o mais forte hoje, cumprindo o contrarrelógio em 22.25 minutos, menos dois segundos do que o dinamarquês Jakob Fuglsang (Astana) e nove do que o espanhol Ion Izagirre (Astana) e do que o holandês Steven Kruijswijk (Jumbo-Visma).

José Neves (Burgos-BH) foi o melhor português, na 31.ª posição, a 1.39 minutos de Wellens, enquanto o seu companheiro de equipa Ricardo Vilela foi 45.º, a 1.55.

Na geral, Tim Wellens, vencedor da prova em 2018, tem sete segundos de avanço sobre Fuglsang e 14 sobre Izagirre, com Vilela a subir a 29.º, a 2.42, e Neves a 107.º, a 15.28.

No sábado corre-se a quarta e penúltima etapa, entre Armilla e Granada, num percurso de 119,9 quilómetros com uma contagem de montanha de terceira categoria, uma de segunda e duas de primeira, a última das quais a pouco mais de 20 quilómetros da meta.

Deixar uma resposta