O belga Tim Wellens (Lotto Soudal), vencedor Volta à Andaluzia em bicicleta em 2018, venceu hoje a primeira etapa da edição de 2019, em Alcalá de los Gazules, onde chegou com cinco segundos de vantagem.

Wellens destacou-se no último dos 170,5 quilómetros entre Sanlúcar de Barramed e Alcalá de los Gazules, conquistando cinco segundos de diferença sobre dois corredores da Astana, o dinamarquês Jakob Fuglsang e o espanhol Ion Izagirre – que foi o primeiro a atacar na subida final –, e o australiano Jack Haig, da Mitchelton-Scott.

O belga, que enverga o dorsal número um da Volta à Andaluzia, lidera a classificação geral com cinco segundos de avanço sobre o primeiro trio de perseguidores na etapa de hoje.

Ricardo Vilela (Burgos-BH) é o português mais bem classificado, no 36.º posto, o mesmo em que terminou a tirada, a 47 segundos do vencedor, à frente do seu companheiro de equipa José Neves, que foi 124.º a 12.04 minutos.

Na quinta-feira, o pelotão enfrenta um percurso de 216 quilómetros, entre Sevilha a Torredonjimeno, na segunda das cinco etapas da corrida andaluza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome