Thibaut Pinot (Groupama-FDJ) vai ter como principal objetivo a Volta a Itália em 2021, abdicando, este ano, da Volta a França.

Thibaut Pinot Falha Volta A França E Aponta Ao Giro Em 2021Pinot, de 30 anos, quer regressar em maio ao Giro, que correu duas vezes e que acabou em quarto na estreia em 2017, abdicando, pelo menos este ano, de continuar a perseguir o ‘sonho’ de vencer o Tour, tendo ‘carregado’ as aspirações francesas nos últimos anos, falhando a prova à semelhança do ano de 2018.

PUB

“Este ano o meu objetivo vai ser o Giro, e vou fazer tudo para chegar a 100%. Pensei muito nesta decisão, e era a altura certa para regressar. O percurso do Tour não me assenta este ano, e espero voltar em 2022”, explicou.

Thibaut Pinot Falha Volta A França E Aponta Ao Giro Em 2021Uma sucessão de azares têm-lhe batido à porta desde a estreia: um 10.º lugar em 2012, aos 22 anos, augurava um futuro promissor, mas em 2013, ano de centenário da ‘Grande Boucle’, acabou por abandonar, com problemas na garganta e “medo” assumido nas descidas.

Voltou em 2014, e para o pódio, com um terceiro lugar a que não deu seguimento em 2015 (16.º) nem no ano seguinte, quando abandonou por “fadiga persistente causada por um vírus”.

Abandonos em 2017 e 2019, neste último devido a lesão na 19.ª de 21 etapas, confirmaram o perfil ‘azarado’ do francês, que em 2020 foi 29.º, numa carreira no Tour que conta ainda com três etapas ganhas e a classificação da juventude de 2014.

Pinot junta-se, ainda assim, a ciclistas como o italiano Vincenzo Nibali (Trek-Segafredo), o espanhol Mikel Landa (Bahrain Victorious), o belga Remco Evenepoel (Deceuninck-QuickStep) ou o colombiano Egan Bernal (INEOS), entre outros, na lista de corredores que colocaram a ‘corsa rosa’ como objetivo para 2021.

Ainda segundo a apresentação da Groupama-FDJ, o ‘sprinter’ francês Arnaud Démare vai voltar ao Tour dois anos depois para liderar a equipa, em busca de vitórias em etapa, com o suíço Stefan Küng a apontar aos Jogos Olímpicos Tóquio2020, adiados para este verão.