Rui Costa vence a 16ª etapa da Volta à França

277
O ciclista português da Movistar chegou sozinho à meta em Gap, sendo o primeiro a completar os 168 quilómetros da 16.ª etapa da centésima Volta à França.

Rui Costa andou desde o início da etapa no grupo que se destacou na frente da corrida. A 18 quilómetros da meta isolou-se e partiu sozinho para a subida ao Col de Manse (montanha de segunda categoria com 1268 metros de altitude), cruzando a meta ao cabo de 3h52m45s. Os mais directos perseguidores chegaram 42 segundos depois.

Com este triunfo, Rui Costa sobe nove posições na classificação e passa a ocupar o 20.º posto. O ciclista português recupera mais de dez minutos de atraso em relação ao camisola amarela – está agora a 22m e 34s.

“Tinha de estar atento nesta última subida, porque sabia que a corrida ia ser movimentada aí. Era o terreno onde tinha de fazer a diferença. Depois, na parte da descida e nos últimos três quilómetros já pude estar tranquilo”, afirmou o ciclista português, em declarações à Eurosport. “Esta vitória é uma das mais importantes para mim, um dos dias mais felizes. Ganhar no Tour é muito importante, já esperava há algum tempo voltar a fazê-lo. Estou muito feliz e é muito importante para a equipa”, acrescentou Rui Costa.

O outro português em prova na Volta à França, Sérgio Paulinho, chegou a 20m57s de Rui Costa. Paulinho é 133.º na classificação geral, a 2h22m58s do camisola amarela, Chris Froome.

A subida de Nairo Quintana ao quinto lugar, por troca com o holandês Laurens ten Dam, foi a única alteração registada nos cinco primeiros classificados. O ciclista colombiano segue a 5m47s de Chris Froome. Bauke Mollema mantém a segunda posição (a 4m14s) e Alberto Contador segue em terceiro, a 4m25s.
Esta é a segunda vitória de Rui Costa em etapas da Volta à França, curiosamente no mesmo local onde Sérgio Paulinho venceu em 2010. Rui Costa já tinha ganho em 2011, na subida ao Super Besse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome