PUB

A terceira e penúltima etapa da Volta a Portugal de Juniores voltou a confirmar o domínio espanhol na prova e intensificou a luta a dois pela camisola amarela. Pablo Lospitao (Electromercantil/GR100) foi o primeiro a cortar a meta em Manteigas, mas Daniel Tenorio (GSport+Vatios) respondeu da melhor forma, mantendo a vantagem em mais de 50 segundos.

Pablo Lospitao vence em Manteigas, mas Daniel Tenorio segura vantagem na Volta a Portugal de Juniores
Photo © João Fonseca Photographer

Com início em Almeida e final em Manteigas, a terceira etapa foi a mais longa e uma das mais exigentes da competição, num total de 120,1 quilómetros, marcados por um prémio montanha de primeira categoria na parte final. Tinha, por isso, potencial para ser decisiva, mas os primeiros quilómetros não trouxeram novidades, com o pelotão a manter-se coeso, tendo registado uma média de 35 km/h ao longo da primeira hora de corrida.

PUB

Foi assim até à primeira meta volante, em Vale de Estrela, ao quilómetro 70,3. A partir daí, um grupo de 37 ciclistas ganhou a frente da corrida – dois deles chegaram a fugir e a ter 55 segundos de vantagem sobre o pelotão e 30 sobre o grupo perseguidor. No entanto, perto da última meta volante, coincidente com a primeira passagem pela meta final, o pelotão já estava novamente compacto.

Pablo Lospitao vence em Manteigas, mas Daniel Tenorio segura vantagem na Volta a Portugal de Juniores
Photo © João Fonseca Photographer

Seguiu-se o primeiro ataque, no início da subida para o prémio montanha de primeira categoria na Estrada Florestal de Manteigas, colocado a 12 quilómetros do final. Foi Tiago Santos (Alcobaça CC/Crédito Agricola-ALC) o primeiro a arriscar, mas teve resposta à altura por parte de Pablo Lospitao, Daniel Tenorio, Andrey André (Landeiro/KTM/ACR Roriz Cycling Academy) e José Moreira (Silva & Vinha/ADRAP/Sentir Penafiel), que passaram por esta ordem no topo da subida.

O grupo ficou depois reduzido a quatro ciclistas – Andrey André ficou para trás -, que disputaram a etapa até aos últimos metros. Pablo Lospitao foi o mais rápido a cortar a meta, com 3h20m40s, menos um segundo que Daniel Tenorio, segundo classificado, José Moreira, terceiro, e Tiago Santos, quarto.

“Foi uma etapa longa e dura, com muitas subidas. Deixámos trabalhar a equipa do líder e atacámos aqui em Manteigas. Aumentei o ritmo nos últimos 12 quilómetros e acabei por conseguir ganhar a etapa. Amanhã vamos tentar ganhar a Volta ou, pelo menos, fazer o melhor possível. Temos andado muito bem e queremos continuar assim”, explicou Pablo Lospitao após a etapa.

Pablo Lospitao vence em Manteigas, mas Daniel Tenorio segura vantagem na Volta a Portugal de Juniores
Photo © João Fonseca Photographer

“A etapa foi muito difícil. Partimos em vantagem, mas tivemos adversários muito fortes. No entanto, a nossa equipa esteve muito bem a controlar a corrida e, no final, fui segundo atrás do Pablo Lospitao, que esteve muito forte. Amanhã vamos tentar manter a liderança para podermos ganhar a Volta”, referiu o líder Daniel Tenorio.

Contas feitas, Daniel Tenorio segurou a camisola amarela, tendo agora 53 segundos de vantagem sobre Pablo Lospitao, que lidera nos pontos, e 2m57s para Finley Hawker (ABTF Betão/Bairrada), que comanda a juventude, quando falta apenas disputar uma etapa. O líder da geral individual é também o primeiro na classificação da montanha. Nota ainda para a ABTF Betão/Bairrada, que é líder entre as várias equipas.

Este domingo será o dia da quarta e última etapa da 17.ª Volta a Portugal de Juniores. A tirada de 104 quilómetros partirá de Mêda, às 10h30, com destino a Celorico da Beira, onde a chegada está prevista para as 13h20. Os quatro prémios de montanha, todos de terceira categoria, são o destaque principal da etapa de todas as decisões.

PUB