José Gonçalves (Katusha-Alpecin) terminou hoje em nono a quinta e penúltima etapa da Volta a Guangxi, na China, vencida pelo italiano Matteo Trentin (Mitchelton-Scott).

O também italiano Gianni Moscon (Sky) permanece na liderança da última prova do WorldTour da temporada, com nove segundos de vantagem sobre o austríaco Felix Grossschartner (Bora-hansgrohe), segundo classificado, e 14 sobre o russo Sergei Chernetski (Astana), terceiro.

José Gonçalves, o único português em prova, caiu uma posição para o 22.º lugar, a 43 segundos do líder, depois de ter terminado os 212,2 quilómetros da etapa de hoje, entre Liuzhou e Guilin, no nono posto, nas mesmas 04:54.34 horas do vencedor.

Trentin impôs-se ao ‘sprint’ ao alemão Pascal Ackermann (Bora-hansgrohe) e ao belga Jasper Stuyven (Trek-Segafredo), segundo e terceiro na etapa, respetivamente, enquanto Moscon foi o sétimo a cruzar a linha de chegada.

No domingo, o pelotão vai enfrentar os derradeiros 169 quilómetros da prova, na sexta etapa, que vai ter partida e chegada em Guilin.