Guilherme Mota rei dos trepadores e 15.º na geral do Tour du Pays de Vaud

16

O campeão nacional de fundo, Guilherme Mota, terminou hoje o Tour du Pays de Vaud na 15.ª posição da geral, subindo ao pódio para ser consagrado como rei dos trepadores desta prova da Taça das Nações de Juniores, disputada na Suíça.

Os derradeiros 112,9 quilómetros, entre Cossonay a Tartegrin, ficaram marcados pelo mau tempo e pela alta velocidade, sendo cumpridos à média de 42,3 km/h. A vitória foi para o francês Alex Baudin, primeiro de um grupo de dez corredores que se adiantou ligeiramente ao pelotão.

O grupo principal chegou muito “cortado”, mas a Equipa Portugal conseguiu colocar dois elementos nesse lote mais numeroso de corredores, Pedro Andrade, 35.º, e Guilherme Mota, 36.º, ambos a 19 segundos do vencedor.

Na geral sobressaíram os nórdicos, que ocuparam todas as posições do pódio. O primeiro foi o dinamarquês Mattias Skjelmose Jense, seguido pelo compatriota William Blume Levy, a 24 segundos, e pelo norueguês Ludvig Fischer Assheim, a 37 segundos.

O melhor corredor da Equipa Portugal foi Guilherme Mota, que subiu uma posição na derradeira jornada, finalizando no 15.º lugar, a 2m42s do primeiro. Pedro Andrade foi 35.º, a 5m45s, Francisco Guerreiro terminou em 52.º, a 14m52s, Diogo Ribeiro acabou no 64.º posto, a 20m30s, e Wilson Esperança fechou em 85.º, a 48m52s. Afonso Silva caiu ontem e não terminou a corrida.

A Equipa Portugal concluiu a participação no décimo lugar coletivo, entre 20 equipas participantes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome