A vila de Idanha-a-Nova, sede de um concelho com 800 anos de história e com uma extensão de 1416,34 km2, será o ponto de partida para o Granfondo Raiano 2020.

Numa região rica em costumes, tradições, monumentos e aldeias históricas, os ciclistas poderão aliar o prazer de pedalar por estradas tranquilas, com uma panorâmica privilegiada sobre o Parque Natural do Tejo Internacional e o Geopark Naturtejo.

Onde alberga uma importantíssima riqueza natural, destacando-se o conjunto das arribas do Tejo, as extensas zonas de montado de sobro e azinho, as estepes cerealíferas, e as inúmeras espécies de fauna onde a cegonha preta “ciconianigra” ocupa um lugar de destaque.

Caracterizada pelo “tão bem saber receber”, esta região espera por vós no dia 10 de Maio de 2020.

Numa região rica em costumes, tradições, monumentos e aldeias históricas, os ciclistas poderão aliar o prazer de pedalar por estradas tranquilas à panorâmica privilegiada sobre o Geopark Naturtejo, que alberga uma importantíssima riqueza natural, destaca-se os vestígios de organismos com mais de 450 milhões de anos.

Os icnofósseis, presentes nas rochas, conseguem cativar o interesse de saber mais sobre os seres vivos que passaram pela terra num passado muito longínquo. Podem visionar estes icnofósseis no vale do Ponsul, na aldeia de Penha Garcia.

As extensas zonas de montado de sobro e azinho, as estepes cerealíferas, bem como as inúmeras espécies de fauna e flora, ocupam também um lugar de destaque.

No Granfondo Raiano 2020, os atletas poderão optar por uma de três distâncias:

Minifondo: 60Km – 850M D+
Médiofondo: 105Km – 1550M D+
Granfondo: 135Km – 1900M D+

As inscrições estão a decorrer até 6 de Maio, em granfondoraiano.acin.com.pt, há duas fases, a primeira até 15 de Março e a segunda e última até que tem inicio a 16 de Março até 6 de Maio, nesta última haverá alteração nos valores da inscrição.

Toda a informação poderá ser consultada em granfondoraiano.acin.com.pt.

Deixar uma resposta