A Brompton alertou hoje os clientes para a substituição das bicicletas fabricadas entre abril de 2014 e junho de 2017 devido a um defeito de fabrico e para prevenir possíveis ferimentos, informou o agente da marca em Portugal.

Em comunicado a Bike.Pop, agente da marca Brompton Bicycle em Portugal, explica que o movimento pedaleiro (o conjunto que inclui o eixo dos pedais) instalado em bicicletas fabricadas entre abril de 2014 e junho de 2017 poderá ter um defeito de fabrico.

Para prevenir possíveis ferimentos resultantes da quebra da peça, a fabricante britânica de bicicletas dobráveis, com sede em Greeford, Londres, pede a substituição integral da peça em todas as 150.000 Bromptons, numa operação que poderá ascender a três milhões de euros.

“Se o número de série da Brompton começa entre 1403284144 e 1705150001 a bicicleta estará englobada na situação e, como tal, o cliente terá de deslocar-se ao bike.POP, no Largo do Intendente [em Lisboa] para proceder à substituição da peça, livre de quaisquer custos ou encargos, numa operação que não demora mais que 30 minutos”, indica o agente em comunicado.

Até à substituição da peça, a marca recomenda aos clientes que utilizem as suas bicicletas com moderação.

De acordo com o agente, a Brompton é reconhecida como referência das bicicletas dobráveis a nível mundial e é inteiramente produzida em Londres à mão.

Por ano são, segundo a marca, produzidas mais de 45 mil bicicletas e mais de 80% da sua produção é exportada para 1.500 lojas em 44 países. Desde 1975, ano da sua criação, terão sido produzidas mais de 400 mil unidades.

A Brompton mais antiga de Portugal foi trazida pelo jornalista Fernando Pessa em 1993 e está em exposição permanente no Bike.POP.

Deixar uma resposta