A Rede Nacional de Cicloturismo, projecto a solo levado a cabo por um engenheiro adepto das viagens em bicicleta, está em franco crescimento.

Apoiar o desenvolvimento da Rede Nacional de Cicloturismo
Ecopista do Sabor, Torre de Moncorvo. Secção 8.7 da Rede Nacional de Cicloturismo.

Contando já com 5 edições (a primeira foi publicada em 2015), o Road Book 2019 oferece aos viajantes em bicicleta mais de 4600 km de rotas georreferenciadas e identificadas um pouco por todo o país, com maior destaque para a faixa litoral e zonas centro e sul do país.

Pode descarregar gratuitamente o mapa geral da Rede Nacional de Cicloturismo aqui. Está neste preciso momento a ser preparada a nova edição a publicar em 2020.

Mas pela primeira vez na história do cicloturismo em Portugal, pretende-se contar com o apoio de todos aqueles que têm alma de viajante em bicicleta.

Apoiar o desenvolvimento da Rede Nacional de Cicloturismo
Mapa geral da Rede Nacional de Cicloturismo com identificação do quadrante nordeste do país, onde se pretendem georreferenciar 400 a 500 km de novas rotas.

Desta forma, está a decorrer uma campanha colaborativa de angariação de fundos para identificar 400 a 500 novos quilómetros de rede, exclusivamente pelos territórios mais isolados de Portugal Continental, no quadrante nordeste.

Todos podem assim contribuir para a expansão da rede para estas 4 províncias do interior do país: Minho, Trás-os-Montes e Alto Douro, Beira Alta e Beira Baixa.

Vídeo de apresentação da campanha:

Para apoiar o crescimento da Rede Nacional de Cicloturismo basta ir a ppl.pt/cicloturismo e contribuir com o seu donativo. O cicloturismo em Portugal agradece.

Deixar uma resposta