A Trek-Segafredo está pronta para dar mais um passo na temporada de 2020, a Volta ao Algarve, com Vincenzo Nibali e Bauke Mollema entre os nomes mais sonantes.

Vincenzo Nibali e Bauke Mollema prontos para estreia em 2020 na Volta ao AlgarveA corrida portuguesa de cinco dias, por etapas realiza-se de 19 a 23 de fevereiro e tem reputação de ser uma das mais exigentes do calendário de inverno, com percurso desafiante e uma lista de participantes de primeira classe.

Os líderes da Trek-Segafredo, Vincenzo Nibali e Bauke Mollema, estarão entre os nomes mais sonantes, ambos fazem a sua estreia na temporada após duas semanas de treino em altitude, na localidade de Teide. Para Nibali, também será sua primeira corrida com a Trek-Segafredo.

Vincenzo Nibali pronto para estreia em 2020 na Volta ao Algarve“Embora eu tenha já muitos inícios de temporada na minha carreira, fazê-lo com uma nova equipa traz sempre alguma ansiedade”, disse Nibali, que irá correr em Portugal pela primeira vez na sua carreira.

“Com a equipa, concordamos que o Volta ao Algarve chega no momento certo para começar a temporada. A prova vem após uma carga de treino importante, especialmente em Teide e é ideal para quem, como eu, não precisa de apressar a estreia. Será uma temporada longa e meu primeiro grande objetivo é o Giro d’Italia, para estar na minha melhor condição nesta prova, preciso fazê-lo passo a passo, com um percurso bem definido e sem stress excessivo para o corpo. A Volta ao Algarve é o ponto de partida perfeito.”

“As etapas têm tudo o que preciso para meu primeiro feedback: duas chegadas em alto, etapas exigentes e um contrarrelógio. É a minha primeira vez nesta corrida e não terei nenhuma comparação com experiências passadas, portanto será um teste interessante. Sinceramente, ter ambições de vencer não será fácil, mas sem dúvida vou dar o máximo para ser útil à ambição da equipa. Começamos a temporada muito bem e agora quero dar minha contribuição.”

“Estou muito feliz com estes primeiros meses com a Trek-Segafredo. Os estágios da equipa na Sicília, em Maiorca e em Teide foram muito úteis para conhecer o ambiente e criar esse vínculo fundamental. As condições para um bom começo estão todas lá “, acrescentou Nibali.

“Mal posso esperar para colocar o número na camisola novamente”, concordou Bauke Mollema. Será a segunda vez que Mollema participa na Volta ao Algarve, após 2018, onde terminou em segundo na etapa rainha e em quarto na classificação geral final.

“O inverno correu da melhor maneira, sem sobressaltos ou problemas, e eu recuperei completamente de um final de temporada emocionante em 2019, que consomiu muita energia. Foi por isso que decidimos adiar a estreia este ano. Também adicionamos um estágio em Teide, fiz bastante trabalho de preparação.”

“Gosto da rota da Volta ao Algarve, porque penso que é à minha medida. Os dois finais em alto são bastante explosivos e gosto do contrarrelógio rolante. Será um teste à minha condição; gostaria de fazer uma boa classificação, tenho a esperança de continuar o excelente início de temporada da equipa”, acrescentou.

Apoiando Nibali e Mollema estão Jasper Stuyven e Ryan Mullen, dois ciclistas importantes por detrás das vitórias de Matteo Moschetti em Maiorca. O capitão Koen de Kort, que já competiu esta época na Austrália, Edward Theuns e Antonio Nibali, também a iniciar a época este ano. Antonio Nibali, é claro, também fará sua primeira aparição na equipa.

“Estaremos em Portugal com uma equipa forte e bem preparada”, disse o diretor da equipa, Steven de Jongh. “Para Nibali e Mollema, veremos dia após dia o quanto a sua forma atual lhes permite andar na frente com os primeiros. Conversei com eles e percebi que estão muito motivados para começar a temporada, dando o melhor de si. Vamos estar atentos também à classificação e, considerando o nível dos nossos concorrentes, acho que uma classificação entre os cinco primeiros, pode ser um objetivo sólido, talvez até algo mais.

“Para as etapas de sprint, apostaremos em Theuns e Stuyven. No contrarrelógio final, será interessante ver Nibali competir com a Trek Speed ​​Concept pela primeira vez, com Mollema e o especialista em TT Mullen podemos garantir um bom desempenho coletivo. Queremos dar continuidade ao bom início de temporada, procurando sucessos a cada etapa”, finalizou.

Trek-Segafredo para a Volta ao Algarve: Vincenzo Nibali (ITA), Bauke Mollema (NED), Jesper Stuyven (BEL), Edward Theuns (BEL), Koen de Kort (NED), Ryan Mullen (IRL), Antonio Nibali (ITA).

Deixar uma resposta