A Trek Procaliber mudou as regras das competições de cross country ao aliar a tecnologia IsoSpeed que suaviza o terreno para poupar energia ao ciclista e garantir a máxima eficiência de uma hardtail. Está mais adequada ao ciclista, mais rápida do que nunca e, nós no BTT Lobo pudemos testá-la.

Trek Procaliber 2021“Se quiseres mesmo competir com uma hardtail, então queres uma Procaliber”, anunciou o Product Manager de Montanha da Trek, Travis Ott. “É a hardtail mais suave que existe, e suavidade é sinónimo de rapidez. Não existe outra hardtail no mercado com IsoSpeed. Essa é uma vantagem que pode fazer a diferença para muitos ciclistas.”

Como em equipa que ganha não se mexe, o desacoplador IsoSpeed da Trek manteve-se inalterado na Procaliber 2021. Este aumenta a suavidade do comportamento vertical, para poupar energia ao ciclista nos trilhos mais acidentados, garantindo simultaneamente a máxima eficiência da pedalada.

Trek Procaliber 9.8Desta forma, podes pedalar mais rápido e com mais vigor, uma vez que um ciclista mais confortável, é um ciclista capaz de dar mais rendimento e durante mais tempo.

Todas as novas Procaliber têm um quadro completo em carbono OCLV Mountain e uma geometria de competição atualizada, com um maior alcance e um tubo de testa mais aberto, para tornar tudo mais leve e garantir máxima estabilidade em alta velocidade nas descidas mais difíceis.

O tubo inferior Straight Shot aumenta a rigidez para uma máxima precisão, enquanto evita o aumento de peso.

O Knock Block, que evita que a coroa da suspensão ou o guiador/manípulos embatam nos tubos inferior e superior também sofreu uma ligeira alteração, vendo aumentado o raio de curva de 58 para 62 graus, facilitando a manobrabilidade nas curvas mais fechadas.

Todos os modelos de todos os tamanhos estão equipados de origem com rodas de 29 polegadas, Tubeless Ready para reduzir o peso, melhorar a tração e proteger contra os furos. A Trek optou por colocar rodas de 29 polegadas, pois o intuito da Procaliber é ser uma bicicleta de pura corrida XC e, é isso que os ciclistas de competição querem!

E sendo a bicicleta de corrida que é, as suas rodas vêm prontas a rolar tubeless, com fita e válvulas colocadas, restando apenas adicionar o liquido selante.

O novo quadro também facilita a mecânica, uma vez que apresenta a montagem de desviador universal SRAM e um roteamento interno de cabos através de canais específicos moldados no mesmo, para o desviador traseiro, travão traseiro ou até ainda um espigão telescópico com controlo remoto.

No que concerne a acessórios, a Procaliber não trás instalado guia de corrente, nem sequer sentimos que fizesse falta, no entanto suporta a montagem do guia de corrente personalizado MRP 1x usado pela Trek nos modelos Top Fuel e Supercaliber. De resto, como puro “sangue de competição” que é, não possui locais de montagem de alforges, para-lamas, descansos ou outros.

No BTT Lobo testámos a versão 9.8, o seu topo de gama, que vem equipada com Shimano XT de 12 velocidades e travões também eles XT.

Na transmissão podemos contar com um prato de 34 dentes Direct Mount e uma cassete 10/51. O prato está montado nuns crancks de carbono e*thirteen TRS Plus Carbon Boost, para uma redução de peso.

Esta relação de transmissão permite ao ciclista minimamente treinado subir praticamente tudo, enquanto possibilita uma maior velocidade máxima. Os travões Shimano XT têm a qualidade e capacidade de travagem já sobejamente conhecida.

Na frente, como suspensão, temos a Fox Performance 32 Step-Cast Float EVOL GRIP com bloqueio remoto no guiador, capaz de enfrentar os drops e rockgardens mais exigentes das atuais pistas de Cross Country, com enorme confiança.

As rodas são umas Bontrager Kovee Elite 30 de carbono, com dimensões Boost, para uma maior rigidez e leveza, enquanto oferecem maior suporte para os pneus Bontrager XR2 Team Issue em tamanho 2.2’’.

Apesar de ser uma hardtail, a Trek Procaliber 9.8 segura-se muito bem ao chão e em altura nenhuma sentimos falta de tração ou que ela fugisse de debaixo de nós, embora exigindo mais algum cuidado na escolha das linhas que uma suspensão total e presenteou-nos com um comportamento exemplar mesmo em zonas de muita pedra, onde o IsoSpeed faz a sua magia e aumentou o nosso conforto.

A nível de travagem e aderência, o conjunto dos travões Shimano XT e os pneus Bontrager XR2 montados num aro de 29mm de largura interna, funcionaram perfeitamente.

Os periféricos ficam também eles a cargo da Bontrager, apresentando um selim Bontrager Montrose Elite com carris de titânio, um espigão de selim Bontrager Pro em carbono OCLV de 31.6mm e um guiador Bontrager Line Pro também ele em carbono OCLV, de 35mm com uns punhos ESI Grips Chunky.

O avanço é um Bontrager Kovee Pro de 35mm e 13 graus, compatível com montagens de GPS/Luzes Blendr.

O tamanho testado foi um L, que acusou sem pedais e suportes de bidon 10,150 kg.

O único apontamento que temos a fazer é unicamente em termos estéticos, na escora superior junto à pinça do travão. Para acomodar uma pinça de tração de montagem plana, a escora faz uma curva, ao contrário da escora do lado oposto, que é reta e que a nosso ver acaba por estragar um pouco a estética.

Vídeo da Trek Procaliber 9.8 em ação:

Em questões de geometria especifica e/ou cores para mulheres, a Trek consultou os utilizadores e fez pesquisas de mercado, tendo chegado à conclusão que a maioria das mulheres prefere a geometria principal e que em termos de cores, a opinião geral estava dividida, portanto optou por manter a mesma geometria em todos os quadros independentemente do género e oferecer mais escolhas de cores nos vários modelos.

A única alteração ao quadro é no caso do tamanho S, que apresenta um tubo superior curvo, por forma a facilitar a posição do ciclista ao colocar-se com os pés no chão, no entanto, à imagem dos restantes modelos, tem espaço para acomodar duas grades de bidon.

Uma vez que a Trek optou por equipar todas as versões com um quadro 100% carbono OCLV, adicionou à linha o modelo 9.5, sendo este a entrada de gama, aproximando o seu preço aos antigos modelos de alumínio.

Trek Procaliber 2021Principais características presentes em todos os modelos da Procaliber:

  • Apenas compatível com rodas 29’’ com medida máxima de 2.4’’
  • Geometria de competição
  • Quadro, aros e periféricos em carbono
  • Knock Block de 62 graus
  • Montagem de desviador universal da SRAM
  • Canais de roteamento interno
  • Movimento pedaleiro PressFit 92 e compatível com eixo de 30mm
  • Apenas um prato pedaleiro com um mínimo de 30 dentes e máximo de 36 dentes
  • Pronta a rolar tubeless
  • Suspensão com 100mm de curso, capaz de suportar até 110mm

A nova Trek Procaliber já se encontra disponível através da rede de lojas Trek nos modelos:

Procaliber 9.8; Procaliber 9.7; Procaliber 9.6; Procaliber 9.5; apenas quadro.

Mais informações em www.trekbikes.com.