PUB

Raquel Queirós (Velo Performance/JS Campinense) conquistou hoje a Camisola Amarela Lisboa Capital Europeia do Desporto 2021, impondo-se na terceira etapa da Volta a Portugal Feminina Cofidis, um contrarrelógio de 11,1 quilómetros, disputado em Vila Franca de Xira.

Raquel Queirós De Amarelo Na Volta A Portugal Feminina Cofidis
Photo © João Fonseca Photographer

Apelidado de “prova da verdade” na gíria do ciclismo, o contrarrelógio desta tarde mereceu completamente essa designação. Além de o percurso ser muito duro, com uma fase inicial marcada por subidas de rampas muito inclinadas e uma fase final, em descida, a exigir perícia e concentração, foi este exercício individual que ordenou verdadeiramente a classificação.

PUB

Hoje ficou claro que Raquel Queirós é a corredora em melhor condição do pelotão voltista. A vilacondense foi a única ciclista a cumprir o traçado em menos de 20 minutos. Parou o cronómetro nos 19m55s, o que lhe valeu a vitória na etapa e o Prémio Jogos Santa Casa, atribuído à melhor portuguesa.

Raquel Queirós De Amarelo Na Volta A Portugal Feminina Cofidis
Photo © João Fonseca Photographer

A segunda classificada foi outra jovem portuguesa, a júnior Sofia Gomes (Vesam/Blok-Vilanovense Cycling Girls), com mais 35 segundos do que a vencedora. No terceiro lugar ficou Iris Gómez representante da Seleção da Catalunha. A britânica Danielle Shrosbree (Team LDN/Brother UK), camisola amarela à partida, teve um desempenho marcado por uma avaria e uma queda, gastando mais 1m32s do que a vencedora.

Raquel Queirós De Amarelo Na Volta A Portugal Feminina Cofidis
Photo © João Fonseca Photographer

Raquel Queirós assumiu o comando da classificação geral. Goza de 35 segundos de vantagem sobre Sofia Gomes e de uma margem de 48 segundos para Iris Gómez. O segundo lugar na geral vale a Sofia Gomes o estatuto de melhor jovem da competição, envergando a Camisola Branca IPDJ. Danielle Shrosbree cedeu a camisola amarela, mas conservou a Camisola Vermelha Cofidis, dos pontos, e a Camisola Azul Polisport, da montanha. As britânicas da Team LDN-Brother UK continuam no topo da geral por equipas.

A última etapa, neste domingo, recria a derradeira etapa da primeira Volta a Portugal Masculina, unindo Caldas da Rainha a Lisboa. Será a tirada mais longa da prova, 94,7 quilómetros, com início às 12h30 na Avenida General Pedro Cardoso, e final apontado para as 16h00, na Rua Cintura do Porto. Pelo caminho, a curiosidade de uma meta volante instalada na terra-natal de João Almeida, A-dos-Francos.

Raquel Queirós De Amarelo Na Volta A Portugal Feminina Cofidis
Photo © João Fonseca Photographer

A Volta a Portugal Feminina Cofidis, enquanto momento histórico e viagem pelo território mas também pela memória, tenta homenagear e recordar todas as atletas que ajudaram a construir a história do ciclismo em Portugal. Em Setúbal foi evocada Oceana Zarco, pioneira do ciclismo feminino de competição. Hoje, em Vila Franca de Xira, juntou-se à Caravana Isabel Caetano, uma das ciclistas com melhor palmarés nacional, com títulos nacionais em distintas vertentes e, atualmente, em competição como guia da paraciclista Ana Silva.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui