A Trek e a Bontrager relançaram o único produto que não sofreu modificações desde a sua criação o Bat, sendo também um dos mais antigos da gama.

Bontrager BatO porta-bidon Bontrager Bat, fabricado em plástico moldado por injeção e lançado no mercado pela primeira vez em 1997, agora é feito com redes de pesca velhas ou abandonadas que, de outra forma, continuariam a poluir os nossos oceanos.

Este progresso foi possível graças à colaboração entre a Trek e a Bureo e a participação de ambos no consórcio NextWave, um grupo multissetorial de empresas que trabalha para reduzir a quantidade alarmante de plásticos, que destroem o meio ambiente. A Trek é um membro fundador deste consórcio formado por empresas como a Dell e a General Motors, entre outras.

porta-bidon Bontrager BatNos últimos 22 anos, a Trek fabricou centenas de milhares de porta-bidons Bat em Oconomowoc, Wisconsin, a 48 km da localidade de Waterloo. Este porta-bidon é simples, leve e durável e, como se isso não bastasse, agora é produzido com material reciclado.

Como resultado da ligação entre a Trek e a NextWave, a empresa conheceu a Bureo, um grupo de pessoas dedicadas a dar uma segunda vida a redes de pesca abandonadas. A Bureo recolhe redes usadas e recicla-as grânulos minúsculos para, de seguida, produzir produtos plásticos moldados por injeção, como o porta-bidon Bat, óculos de sol, skates, etc.

“O porta-bidon Bat é uma pequena amostra que abre as portas para um novo mundo cheio de possibilidades”, diz Justin Henkel, Gestor de produto da Trek. “Somente neste ano, nós iremos reciclar aproximadamente 1.700 quilos de redes de pesca abandonadas para fazer bom uso delas, o impacto é brutal, e o porta-bidons Bat é apenas o começo.”

Um novo capítulo

O porta-bidon Bontrager Bat foi introduzido pela primeira vez em 1997 e é um dos produtos mais antigos da família. Cruzou a linha de meta de mais Grandes Voltas, Campeonatos do Mundo e Clássicas do que qualquer outro produto fabricado pela marca. Continua a oferecer a mesma simplicidade e desempenho e agora é produzido com materiais reciclados.

Um problema global

Atualmente, os nossos oceanos estão cobertos com mais de 150 milhões de toneladas de plástico e, além disso, mais de 8 milhões de toneladas são descarregadas todos os anos.

O efeito das redes

As redes de pesca representam aproximadamente 10% do total de plásticos no oceano. E o pior de tudo é que estas são quatro vezes mais prejudiciais ao meio ambiente marinho do que qualquer outro plástico poluente.

A conversão de redes de nylon

porta-bidon Bontrager BatOs porta-bidons Bontrager Bat são produzidos com grânulos de nylon NetPlus. A Bureo recolhe as redes de pesca abandonadas na costa do Chile e recicla-as em nylon cru para fabricar outros produtos, como óculos de sol ou skates.

Um produto com grande impacto

porta-bidon Bontrager BatEm um ano, o porta-bidon fabricado com nylon reciclado aproveita aproximadamente 1.700 quilos de redes de pesca abandonadas.

Mais razões pelas quais a Trek é diferente

A Trek é membro fundador da NextWave, um grupo multissetorial de empresas colaboradoras, que inclui a Dell e a General Motors, cuja missão é reutilizar plásticos, integrando-os na economia e impedindo que eles atinjam os nossos oceanos.

porta-bidon Bontrager BatO novo porta-bidon Bontrager Bat reciclado (PVP € 14,99) estará disponível em breve e apenas através da rede global de distribuidores Trek. Mais informações em www.trekbikes.com.

Deixar uma resposta