João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) e Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) foram os grandes vencedores, em elites, do 22º BTT XCO C.N.E. – Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar – Taça Manuel Abreu, terceira prova do Campeonato do Minho de BTT XCO – SCORE. Hélder Gonçalves sagrou-se em Gondar Campeão Nacional Universitário de BTT Cross Country Olímpico.

Num magnífico dia para a prática do BTT, muito público esteve presente em Gondar em mais uma excelente jornada de promoção da modalidade que se revelou também um êxito organizativo.

Na iniciativa marcaram presença, entre outras individualidades, Delmino Pereira (Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo), Ricardo Costa (Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Guimarães), João Luís Matos (Pároco de São João Baptista de Gondar), Agostinho Faria (Presidente da Freguesia de Gondar), José Luís Ribeiro (Presidente da Associação de Ciclismo do Minho), Ernesto Machado (Chefe de Núcleo dos Escuteiros de Guimarães), o Chefe de Agrupamento do CNE de Gondar e Jerónimo Sampaio (ex-ciclista e irmão de Manuel Abreu).

Na prova organizada em conjunto pela Associação de Ciclismo do Minho, Agrupamento 409 – Gondar do Corpo Nacional de Escutas e Paróquia S. João Baptista de Gondar, João Rocha (Rodabike/ACRG/Gondomar) impôs-se com alguma facilidade na corrida de elites, deixando o segundo classificado, Fábio Ribeiro (ACDRR BTT / LR Opticas / RJ Group) a mais de um minuto de distância. Na terceira posição ficou Bruno Silva (Quinta das Arcas/Jetclass/Xarão).

Também Daniela Pereira (Saertex Portugal/Edaetech) dominou a competição de Elites femininas e reforçou a liderança do Campeonato do Minho de BTT XCO – SCORE. A atleta do clube de Viana do Castelo gastou o tempo de 01:04:52 h para percorrer o percurso da prova e deixou a 04:50m a atleta do Batotas/Ponte Lima Leandra Gomes. Na terceira posição classificou-se Ana Ramalho (ACDRR BTT / LR Opticas / RJ Group).

Na prova dos sub-23, a vitória foi para Rui Ferreira (Pedalbike/Rolub/lusosofá), enquanto José Ribeiro (Joana BTT/Trilhos Bike) foi segundo e Tiago Alves (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) terminou em terceiro.

Duarte Monteiro (Joane BTT/Trilhos Bike) venceu e Masters 30, deixando nos lugares imediatos Cláudio Veloso (BTT Braguinhas/Padim da Graça) e Ricardo Cunha (BTT Matosinhos).

Em Masters 40 a vitória foi conquistada por António Viana (Bombos S. Sebastião/MonçãoBike/Lusomotor), enquanto Mário Fernandes (Rodabike/ACRG/Gondomar) e António Rocha (Saertex Portugal/Edaetech) preencheram os restantes lugares do pódio.

António Sousa, individual, venceu em Masters 50, deixando nos lugares imediatos Rodolfo Lopes (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) e João Amaro (Batotas/Ponte Lima).

Lucas Braga (Seissa) venceu em juniores

Lucas Braga (Seissa/KTM -Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) triunfou na corrida de Juniores, com o tempo de 01:20:59. Na segunda posição ficou Rúben Queirós (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) enquanto César Rocha (Tomatubikers/Toyota- Macedo&Macedo) foi terceiro.

Em Juniores femininos, o pódio foi preenchido por atletas do Tomatubikers/Toyota – Macedo & Macedo: Joana Santos venceu e Rute Silva foi segunda.

João Cruz (AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde) ganhou a prova de Cadetes, fazendo o tempo de 50:29 m. Na segunda posição ficou Vasco Cunha (BTT Matosinhos), enquanto Afonso Gonçalves (Bila Bikers/Martins Cunha-BigMat/Propamsa) foi terceiro.

Na prova feminina, Sara Ferreira (Maiatos) foi a melhor deixando a mais de 03:08s Catarina Lopes (Batotas /Ponte Lima).

Paulo Teixeira (RodaBike/ACRG/Gondomar) triunfou em Paraciclismo, tendo Bruno Loureiro sido o melhor na vertente “open” na qual Ricardo Silva foi segundo e João Fernandes o terceiro.

Por equipas triunfou a formação da AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, ficando o Joane BTT/Trilhos Bike em segundo e o Batotas/Ponte Lima em terceiro

Hélder Gonçalves (IPVC) sagrou-se Campeão Nacional Universitário

A prova que também homenageia Manuel Abreu, ciclista vimaranense que se sagrou campeão nacional de ciclismo de estrada e de rampa e venceu o Grande Prémio do Minho de 1996, foi este ano animada pela competição extra do Campeonato Nacional Universitário de BTT Cross Country Olímpico.

Hélder Gonçalves, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, foi o grande vencedor dos CNU’S e sagrou-se Campeão Nacional Universitário. O atleta do IPVC percorreu as oito voltas do percurso em 01:21:59, deixando a 03:14m o segundo classificado António Azevedo (IP Leiria). Dinis Rodrigues (AEIS Técnico) fechou o pódio do Campeonato Nacional Universitário de BTT Cross Country Olímpico.

Ricardo Costa (Vereador da CM Guimarães): “Autarquias locais devem valorizar todos os desportos”

Ricardo Costa, Vereador do Desporto, Finanças e Economia da Câmara Municipal de Guimarães, mostrou-se bastante agradado pelo ambiente que se viveu em torno do 22º XCO C.N.E. – Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar – Taça Manuel Abreu que, este ano, contou ainda com o Campeonato Nacional Universitário de Cross Country Olímpico.

“Guimarães recebe este ano os Nacionais Universitários nas várias vertentes desportivas. E esta é uma das formas que temos de demonstrar o apoio que damos ao desporto e não só ao futebol. As autarquias locais devem valorizar cada vez mais o que se faz e dar apoio às várias modalidades”, disse Ricardo Costa.

O vereador recordou ainda que a autarquia vimaranense tem apoiado ao longo dos anos a Associação de Ciclismo do Minho na realização dos seus eventos. “Orgulhamo-nos de fazer parte também desta prova que já vai na sua 22ª edição e que como se vê movimenta muita gente. Este ano ganhou o alento de receber o Nacional Universitário e nós estamos cá para apoiar até porque Guimarães sai a ganhar pois recebe não só os atletas mas também os familiares, amigos e adeptos”.

Delmino Pereira (Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo) lembrou Manuel Abreu

Delmino Pereira, Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, salientou a importância do XCO de Gondar e lembrou o ciclista vimaranense Manuel Abreu: “Esta corrida é um marco histórico e importante no calendário da Associação de Ciclismo do Minho. Uma prova que homenageia um ciclista do meu tempo, o Manuel Abreu. Como se pode ver, as pessoas gostam desta corrida, Gondar é uma freguesia tranquila e as pessoas vêm cá para disputar a prova e divertir-se”. Ao salientar o “impulso conferido pelo Nacional Universitário” ao XCO de Gondar, Delmino Pereira congratulou-se por “haver cada vez mais um certo cuidado e empenho das entidades para que seja possível conciliar os estudos e o desporto. Hoje em dia já há uma certa preocupação para que os jovens possam ter a sua vida académica e praticar desporto, sem prejudicar as suas vidas”.

AXPO/Firstbike Team/Vila do Conde venceu por equipas

Mário Costa, diretor desportivo da AXPO/FirstBike Team/Vila do Conde, mostrou-se satisfeito pela vitória conquistada em Gondar, que dá à equipa a liderança no Campeonato do Minho de BTT XCO – SCORE Tech.

“O nosso objetivo é vencer o Campeonato do Minho. Somos os campeões em título, aliás vencemos os últimos seis anos, os últimos dois só com vitórias. Hoje estivemos aqui apenas com seis atletas porque dois estão na Noruega. De resto a AXPO tem 80 atletas federados desde Escolas, mas participa em várias provas. Temos obtido bons resultados, mas trabalhamos muito”, disse Mário Costa.

Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira evidenciou-se em Escolas

O Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira foi o grande vencedor coletivo nos escalões de escolas do 22º BTT XCO C.N.E. – Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar – Taça Manuel Abreu, classificando-se em segundo a Seissa/KTM -Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact e em terceiro o Domarsa/CODE/Santa Cruz/Bicicastro.

Em termos individuais, Carlos Moreira (Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira) e Matilde Fernandes (Seissa/KTM -Bikeseven/Matias&Araújo/Frulact) venceram a prova de Pupilos-Benjamins e Pedro Martins (Bila Bikers/Carnes Silva Cycles Oliveira) e Rita Fontinhas (Maiatos) a de iniciados.

Em Infantis destacaram-se Hugo Ramalho (Maiatos) e Margarida Vasconcelos (Maiatos)  em juvenis Lucas Ferreira (Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira) e Beatriz Silva (BCM/Póvoa de Varzim/CDC Navais).

Filipe Silva (Bila Bikers): “O importante é que os jovens aprendam e se divirtam”

Filipe Silva, diretor desportivo da Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira, estava satisfeito com o primeiro lugar obtido pela equipa, mas sobretudo porque “foi mais um dia de convívio e de aprendizagem para estes jovens e ninguém se magoou”.

“O primeiro lugar que obtivemos nesta segunda prova em que participamos do Campeonato do Minho é fruto de muito trabalho. Na primeira prova ficamos em segundo e aqui conseguimos chegar ao lugar mais alto do pódio. Mas nós trabalhamos muito e com empenho. Treinamos três vezes por semana todos juntos, assim como viajamos todos juntos, sempre de autocarro, como uma autêntica família”, disse Filipe Silva ao realçar o ambiente que se vive no seio do clube.

O diretor do Bila Bikers explicou que a equipa de Vila Real participa no Campeonato do Minho porque “a Associação de Ciclismo do Minho faz uma aposta forte nas provas de Escolas, tem uma boa organização, muito profissional e é uma mais valia para estes escalões de formação. A ACM faz uma aposta importante nestes campeonatos e, por isso, fazemos muitas provas do calendário do Minho”.

Filipe Silva salientou ainda que no Bila Bikers/Carnes Silva/Cycles Oliveira o objetivo é formar e levar os jovens a divertirem-se: “eles estão aqui para se divertirem e aprenderem, têm muito tempo para obter resultados. Não pressionamos os atletas, nós queremos que eles se divirtam, que aprendam e que gostem da modalidade”.

O 22º BTT XCO C.N.E. – Agr. 409 / Paróquia S. João Baptista de Gondar – Taça Manuel Abreu contou com o apoio da Junta de Freguesia de Gondar, Paróquia de São João Baptista de Gondar, Município de Guimarães, Federação Portuguesa de Ciclismo, FADU – Federação Académica do Desporto Universitário, Score Tech, Raiz Carisma – Soluções de Publicidade, Cision, Arrecadações da Quintã, POPP Design e AFAcycles.

Deixar uma resposta