Mário Costa foi hoje o 38.º na prova de elite do Campeonato da Europa de Cross Country Olímpico (XCO), disputada em Brno, República Checa, ganha pelo prodígio holandês Mathieu van der Poel.

Mário Costa esteve sempre na posição de mais bem colocado dos dois portugueses em prova, chegando a rodar perto do top 30.

Na fase final perdeu algumas posições, acabando no 38.º lugar, a 7m55s de Mathieu van der Poel, que fez mais uma demonstração de classe e força, impondo-se em solitário, apesar de uma queda logo nas pedaladas iniciais.

David Rosa foi o outro representante da Equipa Portugal na corrida principal do programa do Campeonato da Europa, mantendo-se, durante toda a prova, em redor da posição de partida. Foi o 43.º a cortar a meta, a 10m41s do vencedor.

Entre os sub-23 sobressaiu o desempenho de Rafael Rita. Ainda no primeiro ano nesta categoria, o algarvio partiu da posição 55 e foi galgando lugares para terminar a corrida no 26.º posto, a 6m23s do romeno Vlad Dascalu, que triunfou em solitário. João Rocha também se colocou na primeira metade da classificação, chegando no 32.º lugar, a 7m35s do campeão.

“Na corrida de sub-23, um furo do João Rocha, na última volta, impediu-nos de colocar dois corredores nos 30 primeiros. O azar aconteceu quando o João e o Rafael Rita vinham a colaborar os dois e a recuperar lugares. O resultado acabou por ficar dentro das expectativas, com destaque para o Rafael, que foi dos melhores sub-23 de primeiro ano. Em elite tivemos um desempenho melhor do que no Europeu do ano passado, mas, ainda assim, ficámos longe do objetivo que era somar pontos. Melhorámos, mas continuámos sem pontuar”, lamenta o selecionador nacional, Pedro Vigário.

A Equipa Portugal vai permanecer no estrangeiro durante os próximos dias, pois vai competir na Taça do Mundo, em Val di Sole, Itália, no próximo fim de semana. Da comitiva presente na República Checa transitam para Itália o elite Mário Costa e os sub-23 Marta Branco, Raquel Queirós, João Rocha e Rafael Rita.

Na Taça do Mundo competirão outros corredores portugueses, em representação das respetivas equipas.

Deixar uma resposta