Federação holandesa reclama dívida do Tour

308

O comeco do Tour de 2015 teve lugar em Utrecht no centro da HolandaA Federação Holandesa de Ciclismo (KNWU) reclamou hoje 140 mil euros à ASO, empresa que organiza a Volta de França, por ter organizado a primeira etapa do Tour de 2015 e já apresentou queixa à União Ciclista Internacional (UCI).

“Nós apresentámos um pedido de arbitragem à UCI, porque a ASO recusa-se a pagar essa soma”, afirmou à France Presse o diretor da KNWU, Huib Kloosterhuis.

O começo do Tour de 2015 teve lugar em Utrecht, no centro da Holanda, com um contrarrelógio e para a Federação “qualquer organização que queira organizar uma corrida nos Países Baixos, tem que pagar uma certa quantia”, que varia dependendo da importância do evento.

“Enviamos cartas à ASO, que tem conhecimento das sua obrigação, mas deixaram de nos responder”, esclareceu Kloosterhuis.

Contactada pela France Press, a ASO não comentou o assunto, mas o seu diretor executivo, Christian Prudhomme, citado pela imprensa holandesa disse que era “uma quantia absurda, baseada em nada”.

“Recebemos uma quantia de 140 mil euros vinda do nada, e sem explicações”, afirmou Prudhomme, acrescentando ainda que a ASO nunca tinha recebido uma conta tão alta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome