Daniela Campos foi hoje a quinta classificada na prova de fundo para juniores femininas do Campeonato da Europa de Estrada, em Plouay, França.

Daniela CamposA corredora algarvia, que fora nona no contrarrelógio, fez uma corrida de inteligência tática e capacidade física, ao longo dos 68,25 quilómetros da prova. Posicionando-se sempre entre as primeiras corredoras do pelotão, Daniela Campos conseguiu estar na dianteira sempre que algum grupo se destacava ligeiramente face ao grosso do pelotão, evitando o desgaste de trabalhar para readquirir um lugar entre as melhores.

PUB

Num desses “cortes” que se geraram evitou uma discussão ao sprint. Na luta pelas medalhas impôs-se a italiana Eleonora Gasparrini, que ficou com o ouro e foi acompanhada no pódio pelas belgas Matith Vanhove e Katrijn de Clercq, segunda e terceira. Daniela Campos fechou num excelente quinto lugar. “A Daniela fez uma boa corrida, sempre muito atenta a bem colocada, focada em fazer parte das melhores deste Europeu, o que conseguiu”, afirma o selecionador nacional, José Poeira.

Beatriz Roxo teve uma estreia azarada. Teve uma avaria logo na primeira volta ao circuito e foi ainda vítima de outra situação de corrida. Quando estava perto de reentrar no grupo principal, esteve sofreu uma cisão, deixando a portuguesa nos lugares recuados. Acabaria no 40.º posto, a 10m22s da vencedora.

Os juniores masculinos viram os desempenhos prejudicados por percalços na prova de 109,2 quilómetros. Fábio Fernandes teve um furo e João Ferreira foi vítima de queda. Duas contingências que os atrasaram irremediavelmente, numa competição de ritmo sempre elevado. Acabariam por abandonar.

O dinamarquês Kasper Andersen conquistou o título europeu júnior de fundo, sendo acolitado no pódio pelo checo Pavel Bittner e pelo belga Arnaud de Lie.