Daniel Mestre em segundo na Taça de Portugal

78

O terceiro lugar alcançado na chegada da segunda etapa da Volta à Bairrada, permitiu a Daniel Mestre concluir esta prova na segunda posição. Com este resultado, e como esta ronda de dois dias pontua para a Taça de Portugal, o alentejano da EFAPEL está na discussão da vitória da competição. Neste momento é segundo a 13 pontos do líder, Antonio Angulo, da LA Alumínios.

Ao longo de dois dias, a EFAPEL assumiu a postura de sempre. Atacante quando é necessário, controladora noutras situações. E no risco de meta, lutou pelo triunfo, desta vez com Daniel Mestre. O grande trabalho realizado pelo colectivo liderado por Américo Silva permitiu ao alentejano estar na discussão pela vitória da Taça de Portugal, prova que tem mais uma jornada na terça-feira, dia 25 de Abril.

“Só nos falta ganhar. Fizemos uma grande corrida. A equipa fez um grande trabalho. Só nos falta a primeira, é o que queremos. Sabemos que a partir desse momento, mais virão. Hoje controlámos a corrida do início ao fim. Os corredores estão de parabéns. Conseguimos segundo a nível individual e por equipas. Apenas nos está a escapar a vitória”, explicou o director desportivo da EFAPEL, Américo Silva.

Para o responsável da formação de Ovar, o segundo lugar de Daniel Mestre na Taça de Portugal não significa que este seja já um objectivo. Não está descartado, longe disso, mas é preciso analisar e definir bem uma estratégia. “Vamos ver, dia a dia, corrida a corrida. Apostar na vitória do Daniel Mestre para a Taça pode ser uma das opções. O trabalho tem sido feito em condições.  Só precisamos da primeira vitória. Mas sabemos que quando se trabalha bem, mais cedo ou mais tarde os resultados aparecem”, concluiu.

Terminada a Volta à Bairrada, a equipa prepara o Grande Prémio de Mortágua. Esta prova realiza-se na terça-feira e também pontua para a Taça de Portugal. “Vai ser mais do mesmo. Vamos estar na luta. Temos a consciência que estamos bem e sabemos fazer o nosso trabalho. Relativamente à prova, é mais parecida com a primeira etapa da Bairrada. A de hoje foi mais dura”, explicou Américo Silva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome