2018 Mercedes-Benz UCI Mountain bike World Cup DHI #1 Losinj, Croatia

30

A ronda de abertura da Taça do Mundo de Downhill – Mercedes-Benz UCI Mountain Bike trouxe os melhores pilotos do mundo para um novo local em Losinj, na Croácia. A ilha no norte do Mar Adriático é um destino turístico popular.

© Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool

Tanto a vencedora feminina Myriam Nicole, como o masculino Aaron Gwin, vencedores da Taça do Mundo da UCI em 2017, mantiveram os seus “número 1” com vitórias convincentes numa pista curta e exigente.

Os atletas começaram com uma secção rápida e aberta no topo da colina de Sveti Ivan (St John) que conduziu a terrenos rochosos e difíceis, antes de saírem da floresta e entrarem nos becos urbanos estreitos de Veli Losinj, para terminar no porto local.

© Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool

Cécile Ravanel da França, atingiu o 1º tempo sub-2:50 para as mulheres, antes de Tahnée Seagrave (Transition / MUC-Off) a bater por quase quatro segundos, com cinco atletas restantes.

Duas atletas depois, a vencedora de 2017, Myriam Nicole (Commencal / Vallnord) demoliu esse tempo com 2:40.706. A australiana Tracey Hannah (Polygon UR) caiu, ficando apenas a mais rápidas, Rachel Atherton (Trek Factory), para bater Nicole.

© Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool

Atherton foi a mais rápida na primeira secção, mas perdeu tempo nas secções técnicas e conseguiu apenas o segundo lugar. É a quarta vitória de Nicole na Taça do Mundo UCI. Valentia Holl da Áustria venceu a competição feminina na categoria Júnior.

© Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool

A prova masculina, viu o americano Dakotah Norton (Unior / Devinci) atingir um tempo que resistiu a todos os atletas até os últimos cinco começarem as suas corridas. O compatriota de Norton, Luca Shaw (Santa Cruz Syndicate) foi o primeiro a baixar dos 2:20 e assumir a liderança, tempo esse que resistiu aos dois atletas seguintes, até ao defensor do título Aaron Gwin (The YT Mob) começar, a dois pilotos do fim.

© Bartek Wolinski/Red Bull Content Pool

Gwin foi o mais rápido na segunda secção por 1,3 segundos, aumentando para mais de dois segundos na terceira secção. Apesar de ter perdido algum tempo no final da corrida, venceu por 0,798 segundos e venceu a sua 20ª Taça do Mundo; apenas a uma vitória atrás do recorde de 21 vitórias de Greg Minnaar (Santa Cruz Syndicate).

O último a correr, Dean Lucas (Intense Factory) entrou atrás dos dois americanos para o terceiro lugar. O vencedor da categoria masculina de Juniores foi Thibaut Daprela (Commencal / Vallnord).

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome