PUB

O período de pandemia obrigou a uma paragem obrigatória de eventos de todo o tipo e a que não fugiram à regra os eventos desportivos como os granfondos.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

O progressivo regresso à normalidade tornou possível a realização destas provas e o passado domingo dia 17 trouxe um desses eventos à bela localidade da Lousã e suas maravilhosas paisagens, com a realização do Lousã Granfondo, organizado pela Cabreira Solutions e onde tivemos a hipótese de contar com 3 atletas divididos nas distâncias Granfondo e Mediofondo.

PUB

O dia esperava-se de chuva, o que ia tornar o desafio maior, ainda assim, até à partida, a chuva foi contida e permitiu um arranque minimamente seco.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

A Covid 19 trouxe algumas regras fundamentais que nos obrigam a mais alguns procedimentos adicionais para o evento, como a verificação do certificado digital, o devido distanciamento, etc.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Manuel Felgueiras

O secretariado estava localizado no pavilhão de exposições, no centro da Lousã e todo este procedimento estava muito bem organizado. Fomos muito bem recebidos por todos os que dedicaram o seu dia à organização do evento e o levantamento do kit do participante, que continha alem do frontal, dorsal e autocolante com as zonas principais dos percursos, alguns brindes como suplementos, um bidon, uma gola, e uma garrafinha do ex-libris local: Licor Beirão, foi rápido e muito eficiente.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

À partida do Lousã Granfondo, tínhamos pela frente um percurso de 135km, com um desnível acumulado positivo de 2590m para o grandfondo e 101km com 1780m para o Mediofondo, com seis e cinco subidas categorizadas respetivamente, estando a maior dureza do percurso guardada para o ultimo terço, com as escaladas de primeira categoria, começando pela serra de Santa Maria com uma extensão de 9km e 5% de pendente média (exclusiva ao Granfondo), seguida da subida ao Terreiro das Bruxas com 6km e 8,1% de pendente média e finalizando na subida da Serra Mágica com 4,4 km a 5,8% de pendente média a darem a martelada final no corpo já bem massacrado de um frenético sobe e desce inicial e a colocarem os ciclistas no seu devido lugar.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

Para além disso, iriamos ter a companhia da chuva que se fez sentir toda a madrugada e ao longo de todo o dia, obrigando-nos a uma atenção redobrada na estrada, especialmente nas descidas para evitar acidentes.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

A divisão das BOXES na partida estava muito bem sinalizada e era de fácil acesso. Mais uma vez sem filas nem confusões.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Manuel Felgueiras

Os primeiros 3km de prova forma feitos com andamento controlado e todo o percurso estava muito bem sinalizado, contando com a GNR e a organização presentes em todos os cruzamentos, demonstrando um trabalho redobrado nas zonas mais perigosas do percurso, tanto com sinalização estática, como com elementos colocados em zonas mais perigosas assinalando calma e andamento mais lento aos ciclistas para evitar acidentes.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

Os abastecimentos estavam localizados em cinco pontos ao longo do percurso no Granfondo e quatro no Mediofondo, sendo o ultimo destes apenas líquido, no final da última subida e antecedendo uma descida frenética até à meta

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

Os abastecimentos estavam impecavelmente bem compostos com sais, barras, fruta, géis, refrigerante, água, etc. Aqui, temos a apontar duas situações positivas: a ausência de garrafas de água, minimizando a utilização de plástico e o posterior lançamento destas para o chão por parte dos atletas e o número e simpatia dos elementos da organização presentes, apesar do frio e da chuva que se fazia sentir.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Fernando Ramos

O início da prova foi rápido e frenético até Miranda do Corvo, com um percurso muito variado e algum sobe e desce, sempre com a chuva a acompanhar-nos. A população a aplaudir e apoiar foi uma constante durante o percurso, tendo os participantes inclusive sido brindados com um grupo musical em Miranda do Corvo.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Fernando Ramos

Terminadas todas as subidas, esperavam-nos cerca de 15km de descida com constantes curvas e contra curvas até voltarmos à localidade de Lousã, onde tínhamos a meta montada, com imensos espectadores e uma bela festa ciclística.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© José Cunha

Depois de cortar a meta e já no interior do pavilhão de exposições, tínhamos o mais que merecido Pasta Recovery, café para aquecer o corpo e a alma e claro, acima de tudo a entrega da linda medalha de finisher.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

Aqui também, tínhamos a recolha de embalagens utilizadas durante a prova, de géis, barras, etc., onde o número de dorsal do atleta era escrito nas mesmas e sujeitas a um posterior eco sorteio, tentando deste modo levar os atletas a terem um comportamento mais limpo, responsável e amigo da ambiente, sendo que ainda assim, a mentalidade de muitos atletas não está para ai virada e continuam a deitar as embalagens para o chão, infelizmente.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Eduardo Campos

Esta foi uma prova de elevado nível tanto de percurso como de organização e do princípio ao fim, mesmo com o mau tempo que se fez sentir, deixando-nos excelente impressão e vontade de participar em mais provas do mesmo organizador, mesmo que com isso ganhemos umas valentes dores de pernas.

Rescaldo Do Lousã Granfondo 2021
© Fernando Ramos

Todas as informações podem ser consultadas em www.lousagranfondo.com.

Deixar uma resposta