PUB

A Seleção Nacional compete, entre quinta-feira e domingo, no Campeonato da Europa de Paraciclismo, que vai decorrer em várias localidades da região da Alta Áustria.

O selecionador nacional, José Marques, conta com cinco paraciclistas para este compromisso: Bernardo Vieira e Telmo Pinão (Efapel), Flávio Pacheco (Santa Cruz/Botelhos.pt), Hélder Maximino (360/BikeTrail/Mundimat/CCA Paio Pires) e Luís Costa.

PUB

A participação nacional inicia-se na tarde desta quinta-feira, com o contrarrelógio das classes H4 e H5, a disputar em Gallspach. Tanto o H5 Luís Costa como o H4 Flávio Pacheco vão cumprir 27,45 quilómetros. Os exercícios individuais começam às 14h00.

No dia seguinte, em Lochen, competem Bernardo Vieira, em C1, Telmo Pinão, em C2, e Hélder Maximino, em C5. Vão disputar os respetivos contrarrelógios, a partir das 13h30. Vieira e Pinão terão de cumprir 12,45 quilómetros, enquanto Maximino irá enfrentar 22,39 quilómetros.

No sábado, às 13h20, Gaspoltshofen recebe o arranque das provas de fundo nas classes C1, C2 e C5. Os três portugueses que competem nestas classes vão percorrer 49,6 quilómetros.

O programa do Europeu termina no domingo, em Peuerbach e Steegen, locais escolhidos para as provas de fundo de “handbike”. Às 10h00 será dada a partida para as corridas envolvendo Flávio Pacheco e Luís Costa, que terão 52,8 quilómetros.

“Vamos bater-nos por alguns lugares no pódio. Não será fácil, mas se temos conseguido em Taças do Mundo, aqui também é possível. No mínimo queremos lugares nos seis primeiros e na primeira metade da classificação para garantir a integração nos programas de alto rendimento paralímpico”, explica o selecionador nacional.

No Europeu do ano passado, Portugal conquistou seis medalhas, distribuídas por três corredores: Bernardo Vieira, Luís Costa e Telmo Pinão.

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui