O francês Nans Peters (AG2R La Mondiale) conseguiu a primeira vitória da carreira profissional, ao chegar sozinho à meta da 17.ª etapa do Giro d’Italia, após integrar a fuga do dia.

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaPeters, de 25 anos, cumpriu os 181 quilómetros entre Commezzadura e Anterselva em 4:41.34 horas, batendo outros elementos da fuga por mais de um minuto, com o colombiano Esteban Chaves (Mitchelton-Scott), segundo classificado, e o italiano Davide Formolo (BORA-hansgrohe), terceiro.

O francês nunca tinha vencido uma corrida no calendário profissional, mas está este ano a ter um Giro em bom plano, tendo já liderado por três dias a classificação da juventude.

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaNa sexta etapa foi oitavo na tirada e subiu ao terceiro posto da geral e, desde então, tem ‘animado’ a corrida em fugas, conseguindo dar a primeira vitória nesta edição à AG2R.

“Na primeira subida, quando ataquei, já ia com grandes nomes, e depois juntaram-se mais. Tentei não me cansar, tinha de me manter fresco para o fim. (…) Depois, segui alguns ataques, antes de eu próprio atacar, ficaram a olhar-se e consegui gerir o esforço”, explicou.

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaNatural de Grenoble, próximo da base da AG2R, Peters sempre correu pela equipa, em que começou como estagiário, em 2016, já depois de passar pela equipa de desenvolvimento, conseguindo o primeiro grande momento da carreira.

Peters integrou a fuga do dia, em que também seguia o português Amaro Antunes (CCC), numa lista de mais de 10 elementos, num percurso ondulante, mas que não apresentava grandes subidas, depois de o Mortirolo ter testado o pelotão na terça-feira.

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaDentro dos últimos 15 quilómetros, atacou uma fuga que já não cooperava, depois de ter seguido fragmentada durante vários períodos, e não olhou para trás, vencendo com facilidade e autoridade, com 1.34 minutos de vantagem sobre Chaves e 1.51 sobre um grupo de corredores, com Formolo a ocupar o último posto do pódio.

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaAmaro Antunes acabou o dia em 14.º lugar, a 3.05 do vencedor, e ‘escalou’ cinco postos na geral individual, para o 58.º lugar.

Atrás, na luta pela geral, foi o espanhol Mikel Landa (Movistar) a aquecer os quilómetros finais, com um ataque que fez o atual quarto classificado ganhar tempo a toda a gente, logo seguido do camisola rosa, o equatoriano Richard Carapaz, da mesma equipa.

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaO líder da ‘corsa rosa’ ganhou sete segundos a todos os principais rivais, que não puderam acompanhar, e tem agora 1.54 minutos de vantagem para o italiano Vincenzo Nibali (Bahrain Merida), segundo, e 2.16 para o terceiro, o esloveno Primoz Roglic (Jumbo-Visma).

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaA quatro etapas do final, o colombiano Miguel Ángel López (Astana) subiu a sexto, por troca com o polaco Rafal Majka (BORA-hansgrohe), agora sétimo, enquanto Formolo entrou para o último lugar do ‘top 10’, do qual sai o esloveno Jan Polanc (UAE Emirates).

Nans Peters vence 17.ª etapa do Giro d’ItaliaHoje, a 18.ª etapa do Giro d’Italia liga Valdaora/Olang a Santa Maria di Sala, ao longo de 222 quilómetros, num dia que termina com um traçado plano e poderá favorecer os ‘sprinters’ ainda em prova.

Deixar uma resposta