Wout van Aert (Jumbo-Visma) recebeu hoje o Troféu Nacional de Mérito Desportivo 2020 da Bélgica, após uma temporada em que venceu a Milão-Sanremo e foi medalha de prata no Mundial de estrada.

Wout van Aert recebe Troféu de Mérito Desportivo 2020 da BélgicaVan Aert, de 26 anos, sucede à seleção belga de futebol, premiada em 2019, após seis vitórias na temporada, duas em etapas da Volta a França, na Milão-Sanremo, no Nacional de contrarrelógio, na Strade Bianche, além de duas pratas nos Mundiais, na prova de fundo e no ‘crono’.

O ciclista de Herentals conseguiu, além dos triunfos, apoiar o líder da equipa, o esloveno Primoz Roglic, durante a Volta a França, que o eventual vencedor da Volta a Espanha acabou em segundo lugar.

Na lista de galardoados, sucede também a vários ciclistas marcantes, desde logo a Eddy Merckx (1967), mas também Axel Merckx (2004), Tom Boonen (2005) ou Philippe Gilbert (2009), mas também a outros desportistas, como o antigo guarda-redes do Benfica, Miguel Preud’homme (1989) ou a tenista Kim Clijsters (2001).