Volta à Romandia “rola” no Eurosport

57

Enquanto alguns ciclistas apostam nas clássicas por terras belgas, outros optam por intensificar a sua preparação para as Grandes Voltas, como o Giro, o Tour ou a Vuelta, com outro tipo de competições. É o caso da Volta à Romandia, uma prova por etapas, na região suíça da Romandia, o cantão francófono do país.

© Michael Steele – Velo/Getty Images

Com 71 edições realizadas, reúne tradição e prestígio. Geralmente composta por 6 etapas, apesar de ter um perfil montanhoso, é bem ao estilo dos contrarrelogistas.

Para 2018, a partida está marcada para Fribourg enquanto a mete final fica em Genebra. Em edições anteriores, o vencedor da prova veio, mais tarde, a ganhar igualmente a Volta a França, como foram os casos de Stephen Roche, em 1987, Cadel Evans, em 2011, Bradley Wiggins, em 2012, e Chris Froome, em 2013.

A Itália encabeça a lista de nações com maior número de triunfos (13), mais um que a Suíça. O irlandês Sthepen Roche detém o recorde de triunfos, com três, obtidos em 1983, 1984 e 1987. No ano passado, a vitória pertenceu ao australiano Richie Porte (BMC).

Rui Costa subiu ao pódio final por três vezes consecutivas, entre 2012 e 2014, sempre na terceira posição. O português da UAE Team Emirates está na lista de pré-inscritos para a corrida. No entanto, a melhor prestação de um ciclista luso foi protagonizada por Acácio da Silva, segundo classificado em 1985, atrás do helvético Jörg Müller.

Acompanhe a Volta à Romandia, de 24 a 29 de abril, no Eurosport, com os comentários de Gonçalo Moreira e Paulo Martins.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome