Volta a Portugal: Daniel Mestre triunfa ao sprint

1490

78ª Volta a Portugal Santander Totta - 1ª Etapa (4) Daniel MestreO alentejano Daniel Mestre (Efapel) ganhou hoje a primeira etapa em linha da Volta a Portugal, impondo-se ao sprint ao cabo dos 167,4 quilómetros que ligaram Ovar a Braga. A vitória garantiu a Mestre a subida ao comando da geral individual.

As duas passagens no Sameiro fracionaram o pelotão, mas muitos homens rápidos conseguiram passar as dificuldades. Na aproximação à meta, Filipe Cardoso (Efapel) fez um excelente trabalho de lançamento do sprint, o italiano Davide Vigano (Androni Giocattoli-Sidermec) foi o primeiro a sair da roda do feirense, mas Daniel Mestre acelerou no momento ideal, cortando a meta na dianteira. Vigano, que triunfara no mesmo local há dois anos, ficou-se pela segunda posição. O terceiro foi José Gonçalves (Caja Rural-Seguros RGA).

Daniel Mestre 78ª Volta a Portugal Santander Totta - 1ª Etapa (3)“Estava confiante, porque já ontem o prólogo me correra bem. Senti que seria difícil ganhar, mas nunca baixei os braços. O David Vigano lançou o sprint muito longe, eu acreditei que podia vencer e consegui-o”, disse o novo camisola amarela.

A primeira triagem de valores, no Sameiro, teve dois protagonistas individuais e dois coletivos. Ramiro Rincón (Funvic Soul Cycles-Carrefour) e Nikita Stalnov (Astana City) atacaram, com o colombiano da equipa brasileira a protagonizar um momento caricato, comemorando a vitória quando ainda faltava uma volta para o final. Na derradeira subida, não resistiram à aceleração do pelotão, feita para Rádio Popular-Boavista e pela Efapel.

78ª Volta a Portugal Santander Totta - 1ª Etapa (2)O endurecimento feito pelas duas equipas lusas mostraram anulou a fuga e fez vários corredores perder o contacto, entre os quais o camisola amarela à partida, Rafael Reis (W52-FC Porto), que chegou a trabalhar para a equipa durante a viagem, inclusiva na função de aguadeiro.

Antes da fase decisiva, Nuno Meireles (LA Alumínios-Antarte), William Clarke (Drapac), Sergey Luchshenko (Astana City) e Bruno Arminail (Armée de Terre) foram os animadores, depois de saírem do pelotão ao quilómetro 44, mas não resistiram à primeira subida para o Sameiro.

A decisão ao sprint levou Daniel Mestre à camisola amarela, com 6 segundos de vantagem sobre José Gonçalves. Joni Brandão (Efapel) é o terceiro, a 9 segundos.

78ª Volta a Portugal Santander Totta - 1ª Etapa (1)A Efapel mantém-se no topo da geral coletiva e Daniel Mestre junta a liderança dos pontos à geral individual. Frederico Figueiredo (Rádio Popular-Boavista) é o rei dos trepadores e o colombiano Diego Ochoa (Boyacá Raza de Campeones) é o primeiro entre os jovens.

A segunda etapa da corrida disputa-se nesta sexta-feira e é uma das mais aguardadas. Vai ligar Viana do Castelo a Fafe, ao longo de 160 quilómetros, guardando no trajeto a passagem pelo Salto da Pedra Sentada, um troço de terra batida, contagem de montanha de segunda categoria, que promete agitar o pelotão.

Classificações
1.ª Etapa: Ovar – Braga, 167,4 km
1.º Daniel Mestre (Efapel), 4h21m27s (Média: 38,417 km/h)
2.º Davide Vigano (Androni Giocattoli-Sidermec), mt
3.º José Gonçalves (Caja Rural-Seguros RGA), mt
4.º Samuel Caldeira (W52-FC Porto), mt
5.º Gustavo César Veloso (W52-FC Porto), mt
6.º Adam Phelan (Drapac), mt
7.º Luís Mendonça (Funvic Soul Cycles-Carrefour), mt
8.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), mt
9.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), mt
10.º David de la Fuente (Sporting-Tavira), mt

Geral Individual
1.º Daniel Mestre (Efapel), 4h26m03s
2.º José Gonçalves (Caja Rural-Seguros RGA), a 6s
3.º Joni Brandão (Efapel), a 9s
4.º Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé), a 11s
5.º Filipe Cardoso (Efapel), a 12s
6.º Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira), a 13s
7.º João Gaspar (Funvic Soul Cycles-Carrefour), mt
8.º Stefan Schumacher (Christina Jewelry), a 14s
9.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), a 15s
10.º Francesco Gavazzi (Androni Giocattoli-Sidermec), a 16s

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome