O holandês Dylan Groenewegen (Jumbo-Visma) venceu hoje ao ‘sprint’ a sétima etapa da Volta a França, que ligou Belfort a Chalon-sur-Saône na distância de 230 quilómetros, enquanto o italiano Giulio Ciccone (Trek-Segafredo) manteve a liderança.

© A.S.O. / Alex Broadway

Vítima de queda na etapa inaugural, Dylan Groenewegen conseguiu hoje a primeira vitória na 106.ª edição do Tour, batendo o australiano Caleb Ewan (Lotto-Soudal), segundo classificado, e o eslovaco Peter Sagan (BORA-hansgrohe), terceiro, completando a mais longa etapa da prova em 6:02.44 horas.

Giulio Ciccone (Trek-Segafredo) segurou a camisola amarela, com seis segundos de avanço sobre o francês Julian Alaphilippe (Deceuninck-Quick Step), o mais direto perseguidor, imediatamente à frente do belga Dylan Teuns (Bahrain Merida), situado a 32 segundos do líder.

© A.S.O. / Alex Broadway

No sábado, a 13.ª etapa compreende uma ligação de 200 quilómetros entre Mâcon a Saint-Étienne, com um perfil relativamente acidentado.

Deixar uma resposta