Três desportistas anónimos preparam-se para concretizar os seus sonhos

61

Alexandre Dias, Dionísio Lopes e João Gonçalves são os três jovens portugueses premiados e que veem agora os seus sonhos mais próximos da realidade. O ano de 2017 marca a primeira edição das Bolsas “Persegue os Teus Sonhos” em Portugal, Argentina, Chile e Equador. Espanha conta já com cinco edições, tendo recebido mais de 200 candidaturas no último ano.

Foram revelados os vencedores da primeira edição daquela que é a iniciativa que pretende ajudar os desportistas amadores – as bolsas “Persegue os Teus Sonhos” da GAES – Centros Auditivos. O painel de jurados reuniu-se para eleger os vencedores, entre as candidaturas que foram submetidas nos últimos meses na plataforma online, repartindo o valor de 6.000€ por três premiados.

“Para nós é um orgulho apresentar este projeto pela primeira vez em Portugal e permitir que desportistas anónimos tenham a oportunidade de tornar os seus sonhos realidade”, afirma Dulce Martins Paiva, Diretora-Geral da GAES – Centros Auditivos em Portugal. “Na verdade, foi com enorme alegria que recebemos tantos projetos interessantes e desafiantes, refletindo a importância do sonho na vida de cada um”, termina a responsável.

Fátima Lopes, Fernando Correia, Francis Obikwelu, Nelson e Sérgio Rosado e Vítor Gamito, enquanto convidado especial nesta edição, uniram-se para escolher os três vencedores entre os 10 projetos finalistas desta iniciativa.

“Sem dúvida que, para nós, todos os participantes são verdadeiros vencedores! É incrível vermos que, apesar de haver uma série de condicionantes físicas, o importante é nunca desistir dos sonhos”, sublinha Fátima Lopes, embaixadora da GAES – Centros Auditivos. “Sonhar é continuar a acreditar num amanhã melhor e é por esse motivo que as iniciativas de responsabilidade social são tão importantes, na medida em que vão ajudar a que esse amanhã seja efetivamente melhor”, conclui.

Projetos relacionados com a prática de bodyboard, sensibilização para o cancro, participação no World Master Games ou percorrer o caminho de Santiago de Compostela, estiveram entre os projetos submetidos por desportistas amadores, revelando a diversidade das modalidades desportivas praticadas pelos portugueses.

OS PROJETOS VENCEDORES

Alexandre Dias, com 31 anos, sofre de esclerose múltipla (EM) e apresentou o seu projeto “IronEM a caminho do IronMan Barcelona 2017”. Esta doença autoimune que afeta o cérebro e espinal-medula, motivou-o a entrar no mundo das corridas em 2013, conquistando uma maratona em 2014 e completando três num só mês. Agora, o desafio passa pela conquista do título de Ironman, uma prova de triatlo constituída por 3,8Km a nado em águas livres, 180Km em bicicleta e 42Km de corrida! A sua missão? Demonstrar que apesar de todos os obstáculos inerentes à doença, é possível viver os sonhos.

O projeto “Trissomia, desafio para a vida. Desporto, oportunidade de superação!” foi apresentado por João Gonçalves de 22 anos, que mereceu a escolha nesta 1.ª Edição das bolsas “Persegue os Teus Sonhos”. Campeão Mundial em 2015 e conquistando o 3.º lugar nos Trissome Games em 2016, João alcançou títulos nacionais e internacionais em Ténis de Mesa na classe S21. Atualmente, procura sensibilizar com a sua ambição em crescer e aprender de forma contínua, com a ajuda de um treinador focado nas suas características motoras, mantendo-se na Alta Competição.

A paralisia cerebral que afeta Dionísio Lopes nunca o demoveu do seu gosto pela prática de BTT. “Excedendo os Limites da Paralisia” foi o projeto apresentado que tem como principal objetivo revelar que “apesar das diferenças físicas que possam existir entre as pessoas, tudo é possível, basta sonhar e acreditar”, como o próprio vencedor defende na sua candidatura. Apaixonado pelo ciclismo desde que iniciou a sua aventura no desporto, Dionísio pretende fazer todas as maratonas que são desenvolvidas a nível nacional, sonhando em realizar também maratonas que se realizem a nível mundial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome