Tour du Pays de Vaud | Guilherme Mota consolida estatuto de melhor trepador

20

Guilherme Mota continuou hoje em evidência no Tour du Pays de Vaud, prova da Taça das Nações de Juniores que decorre na Suíça. O corredor português foi o mais combativo do setor matinal da terceira etapa, reforçou o estatuto de melhor trepador da prova e é o luso mais bem colocado na classificação geral.

A jornada de hoje foi dupla e começou com uma etapa em linha de 78,7 quilómetros, entre Cully e Savigny. Logo nos primeiros quilómetros deu-se uma queda coletiva de grandes proporções, que obrigou à paragem da corrida e na qual estiveram envolvidos dois portugueses, Afonso Silva e Guilherme Mota. Afonso Silva foi o mais afetado, conseguindo terminar a etapa, mas já não podendo alinhar no setor vespertino.

A ambição de Guilherme Mota não foi travada pela queda. O campeão nacional de fundo voltou a integrar a fuga do dia, foi considerado o mais combativo do pelotão e somou pontos suficientes para ter a classificação da montanha praticamente conquistada. Além disso, Mota foi ainda o melhor português no setor matinal, ganho pelo francês Hugo Page.

Durante a tarde disputou-se um contrarrelógio de 10,2 quilómetros, em redor de Savigny. Guilherme Mota voltou a ser o melhor elemento da Equipa Portugal, finalizando o setor vespertino com o 19.º melhor registo, a 1m02s do vencedor, o dinamarquês Mattias Jensen Skjelmose.

A um dia do final do Tour du Pays de Vaud, a geral é dominada pelos dinamarqueses. Mattias Jensen Skjelmose comanda com 18 segundos de vantagem sobre o compatriota e anterior camisola amarela, William Blume Levy. O terceiro, a 37 segundos, é o norueguês Ludwig Fischer AAsheim.

Guilherme Mota é o mais bem colocado da Seleção Nacional, na 16.ª posição, a 2m23s do primeiro. Recorde-se que o português cedeu cerca de um minuto no primeiro dia, devido a um furo no contrarrelógio coletivo de abertura, azar que o impede de estar dentro do top 10.

Pedro Andrade é o 40.º, a 5m26s, Francisco Guerreiro é 47.º, a 6m33s, Diogo Ribeiro é 61.º, a 12m06s, e Wilson Esperança ocupa o 89.º lugar, a 40m15s.

O Tour du Pays de Vaud termina neste domingo. A última etapa, com três subidas pontuáveis para a classificação da montanha, terá 112,9 quilómetros, ligando Cossonay a Tartegrin.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome