Tour de France 7ª Etapa: Trentin Bate Sagan por Milímetros

287
Foi preciso recorrer ao “photo finish” para perceber quem teria sido o primeiro a passar a meta, numa etapa mais uma vez marcada por quedas na parte final, entre as quais a do favorito Andrew Talansky (Garmin-Sharp).
O ciclista italiano Matteo Trentin (Omega Pharma-Quickstep) foi hoje o melhor no confuso final da sétima etapa da Volta a França, com Vincenzo Nibali (Astana) a escapar às quedas para segurar a camisola amarela.

Foi preciso recorrer ao “photo finish” para perceber quem teria sido o primeiro a passar a meta, se Matteo Trentin ou o eslovaco Peter Sagan (Cannondale), com o italiano a ser dado como vencedor depois de o camisola verde ter surgido na classificação da etapa como o primeiro.

No terceiro lugar, chegou o francês Tony Gallopin (Lotto), que cumpriu os 234,5 quilómetros entre Épernay e Nancy com o mesmo tempo do vencedor, 05:18.39 horas.

Num final marcado pelas quedas, entre as quais a do favorito Andrew Talansky (Garmin-Sharp), o camisola amarela escapou incólume, mantendo-se na liderança, com dois segundos de vantagem sobre o segundo classificado, o dinamarquês Jakob Fuglsang, seu colega na Astana.

O português Rui Costa, da Lampre-Merida, terminou no 14.º lugar, com o mesmo tempo do vencedor e por isso subiu à 10.ª posição, continuando a 2m11s do líder Vincenzo Nibali.

Ainda na geral, Tiago Machado é 22.º classificado e os outros portugueses estão mais atrasados: Nélson Oliveira no 90.º lugar, Sérgio Paulinho no posto 146 e José Mendes na 174.ª posição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome