Tomáš Slavík foi coroado campeão do Red Bull Monserrate Cerro Abajo 2020 em Bogotá, Colômbia, considerada a maior corrida de downhill do mundo.

© Mathew Valbuena / Red Bull Content Pool

O tempo de 4m 42s do piloto checo mostrou-se intocável, mesmo antes da chuva torrencial impossibilitar que os pilotos seguintes desafiassem a corrida.

Slavík liderou o pódio à frente de Mario Jarrín, do Equador, e Felipe Rodríguez, da Colômbia, tornando-se o primeiro piloto a vencer as duas competições do Cerro Abajo: Red Bull Monserrate Cerro Abajo e Red Bull Valparaíso Cerro Abajo.

Tomáš Slavík o rei do Red Bull Monserrate Cerro Abajo 2020
© Mathew Valbuena / Red Bull Content Pool

Tomáš Slavík comentou: “Todos os pilotos que chegaram ao fim são verdadeiros heróis e verdadeiros campeões. [A pista] é dura de roer. Não se trata de uma boa linha, trata-se de economizar energia e manter o fluxo, porque a corrida é muito difícil.”

Na corrida, mais de 40 pilotos de 11 nacionalidades mediram-se durante ao 1.605 degraus que compõem o caminho de paralelos da pista. O percurso, que mede 2,4 km, é reconhecido pelo Guinness World Records como a maior corrida de downhill do mundo.

Mais de mil espectadores foram capazes de emoldurar a pista estreita e assistir, enquanto os pilotos enfrentavam de perto as curvas acentuadas e as grandes rampas.

© Mathew Valbuena / Red Bull Content Pool

A pista é composta 95% de degraus e consiste de 27 obstáculos, incluindo os saltos de La Iglesia e La Estrella, a passagem pelo túnel e dois novos obstáculos: um salto de 7m de altura em La Cascada.

Uma equipa de mais de 70 pessoas demoraram nove dias para construir a pista, incluindo 300 unidades de madeira, 150 de aço, 100m de arame e 4.000 parafusos e porcas.

Esta é a terceira vez que o mítico trilho de Monserrate se torna uma pista de downhill. A primeira versão foi realizada em 2012, na qual Filip Polc venceu. Voltou novamente a ser percorrido em 2019, quando o colombiano Marcelo Gutiérrez parou o relógio nos 4m 31s.