Tiago Ferreira vence a 3ª Etapa da Andalucía Bike Race e é cada vez mais líder

669

Andújar é sempre sinónimo de dureza para os Mountain Bikers. Uma etapa de 70 km com cerca de 2000 metros de altitude acumulada, marca esta 3ª etapa da Andalucía Bike Race presented by Shimano 2018 como muito exigente. Aquele que relaxa em Andújar pagará em Córdoba. E foi o que o líder, Tiago Ferreira, sabia.

A etapa começou com uma longa subida a Virgen de la Cabeza passando por La Centenera. Então, os Mountain Bikers enfrentaram a sinuosa descida dos Caracolillos, seguida pela exigente subida de El Madroño, para terminar descendo para o Camino Viejo. Uma etapa para começar a fazer a diferença.

Como já aconteceu no dia anterior, Tiago Ferreira impôs o ritmo e o controlo da etapa. Sob sua roda, seguiram sem descansar Rabensteiner, Ulman, Swenson, Becking, todos tentavam arrancar a liderança a Tiago Ferreira.

Na passagem do segundo ponto de controle, o companheiro de equipa de Tiago Ferreira, Hans Becking, seguido de Swenson e Rabesteiner, que viram a oportunidade de distanciar o líder do general. Tiago lutou na descida de Los Caracolillos e distanciou-se do grupo líder em vinte segundos. Houve uma subida difícil que seria decisiva na seção final.

Tiago Ferreira assumiu o papel de líder e após a perda de segundos em Los Caracolillos, recuperou a distância em El Madroño. A última parte da etapa foi uma descida pelo El Camino Viejo que levaria à linha de chegada instalada em Andújar.

O vencedor da etapa, Tiago Ferreira e, por sua vez, o líder do general, disse na sua chegada que “a etapa de hoje correu muito bem. Primeiro porque eu já a conhecia do ano passado, depois porque com a chuva desta noite, era uma etapa mais difícil com o que para nós foi melhor. O terreno estava muito pesado e a parte física aumentou e tivemos mais diferenças por causa disso “.

No decorrer do dia, Tiago disse que “eu, Hans Becking e o José Diaz lideramos quase toda a corrida e algumas vezes Swenson aproximou-se, mas arriscando um pouco. Nós controlamos toda a etapa”. O português deixou claro para a segunda parte da competição e indicou que “agora se baseia em manter a camisola que temos e o dia a dia o principal é manter a liderança. A etapa de hoje foi como ontem, as duas etapas foram muito completas, mas acho que o mais difícil será amanhã “.

Na categoria feminina, Natalia Fischer, de Málaga, voltou à classificação após uma ótima corrida no dia da transição. Natalia que no segundo dia de Linares estava longe do pódio, saiu em Andújar com a única intenção de se colocar na frente.

Video da etapa:

Classificação da 3ª etapa

ETAPA 3 – Masculina

Tiago Ferreira (DMT Racing) – 03:05:16
José Diaz (DMT Racing) – 00.00.00
Hans Becking (DMT Racing) – 00.00.00

ETAPA 3- Feminina

Natalia Fischer (TBellès-Cannondale – GAES by Sural) – 03:48:35
Naima Madlen (MCIpollini-Tuspo Weende) – 03:51:11
Hildegunn G. Hovdenak (VPG) – 03:57:57

Com os tempos registados hoje, Tiago Ferreira é o líder da categoria masculina e Natalia Fischer tira Chloe Woodruff da primeira posição.

Clasificação General masculina:

Tiago Ferreira (DMT Racing) – 06:52:18
Hans Becking (DMT Racing) – 06:42:38
Keegan Swenson (Stan’s Pivot Pro P/B MAXXIS) – 06:53:06

Clasificacão General feminina:

Natalia Fischer (TBellès-Cannondale-GAES by Sural)- 08:31:59
Naima Madlen (DMT Racing) – 08:37:26
Chloe Woodruff (Stan’s Pivot Pro P/B MAXXIS) – 08:38:35

Chegada a Córdoba, a Etapa BUFF®, 61 km
Devido à previsão de condições climáticas severas e à segurança e saúde dos participantes, a organização, juntamente com os comissários da UCI, decidiu encurtar a distância da Etapa BUFF®. Uma parte inicial foi eliminada, mantendo as melhores seções da Etapa BUFF®, que agora tem 1.427m de altitude acumulada e 61km, em vez dos 91km programados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Escreva o seu comentário
Escreva o seu nome