David Valero e Tiago Ferreira disputaram a 3ª etapa da Andalucía Bike Race até aos últimos quilómetros, durante toda a etapa estiveram sempre juntos até chegarem à última subida, onde Valero lançou um ataque que lhe permitiu enfrentar a descida até Andújar a solo, tornando-se assim, mais líder.

Na categoria feminina Fisher atacou para ganhar a etapa ao quilómetro 20 e Hovdenak não aguentou o ritmo. A atleta natural de Malaga foi a vencedora do dia e tornou-se lider à geral.

A etapa começou com um grupo compacto, na corrida dos homens, que iriam lutar pela etapa. Controlando tanto Tiago Ferreira (DMT Racing Team by Marconi) como David Valero (MMR Factory Racing) para que não houvesse sobressaltos.

Depois de uma breve passagem pela lovcalidade de Andújar, começaram as dificuldades, na chegada as subidas. Uma etapa classica, mas dura que serve de transição entre as provincias de Jaen e Cordoba, com um inicio novo junto ao rio Guadalquivir passando por Marmolejo, até encontrar a subida de La Centenera onde foram percorridos 70,1 km e 1.791 metros de desnível acumulado.

Durante os primeiros quilómetros o pelotão masculino rolou compacto, comandado pelos lideres. Conhecedores dos caminhos e trilhos complicados até à chegada ao Santuario de la Virgen de la Cabeza, ninguém confiava em ninguém.

Na categoria feminina a luta pelo lugar mais alto do pódio era cerrada. A norueguesa Hildegunn Hovdenak (Nesseteck) rolou sozinha ao inicio da etapa. Atrás da atleta natural de Malaga, Natalia Fischer (MMR Factory Racing), somente a 200 metros, não queria dar muita vantagem.

Depois de um grande ataque de Fischer, ao quilómetro 20, sensivelmente, a corredora seguiu sozinha terminando a subida de La Centenera defendendo a primeira posição na corrida. A terceira classificada da etapa de ontem, Lisette Rosenbeck (Holte MTB) rolou na terceira posição ao longo da etapa, encontrava-se confortável e seguiu nesta posição até ao final.

Depois de percorrida metade da etapa Tiago Ferreira e David Valero, como ocorreu na etapa de ontem, corriam juntos e sozinhos.

A pouco mais de um minuto seguia o grupo perseguidor formado por Miguel Muñoz (BUFF-Scott MTB), Luis Leão Pinto (BUFF-Scott MTB) Víctor M. Fernández (Wolfbike), Hans Becking (DMT Racing Team by Marconi).

A segunda metade da etapa, uma das mais memoráveis da Andalucía Bike Race presented by Caja Rural Jaén, contou com a descida de los Caracolillos, a subida de El Madroño e a descida final por Camino Viejo. Os Mountain Bikers perseguidores trataram de se juntar a Valero e Ferreira na descida sinuosa e complicada de Los Caracolillos e poder disputar a final da etapa.

Mas, tanto o Valero como o Tiago Ferreira não tiveram descanso na etapa, seguidos por José Maria Sanchez (BUFF-Scott MTB). Quando faltavam poucos quilómetros para a meta, Valero num terreno técnico, mais favorável as suas caraterísticas, apertou o andamento e descolou de Ferreira, chegando isolado e tornando-se mais líder da geral.

Na categoria feminina Fischer viu-se obrigada a seguir com um ritmo intenso. A norueguesa estava atrás e atacou a geral. Da mesma forma que na edição anterior, Fischer conquista a etapa e torna-se líder da geral feminina.

Classificação da etapa Elite Masculina:

1 David Valero 02:49:07
2 Tiago Ferreira 02:51:23
3 José María Sánchez 02:53:31
4 Hans Becking 02:53:31
5 Miguel Muñoz 02:53:31

Classificação da etapa Elite Femenina:

1 Natalia Fischer 03:34:59
2 Hildegunn Hovdenak 03:38:59
3 Lisette Rosenbeck 03:47:14
4 Emy Thelberg 03:52:13
5 Ludisneli Fleitas 04:00:21

Classificação geral Elite Masculina:

1 David Valero 07:00:28
2 Tiago Ferreira 07:04:24
3 Víctor Manuel Fernández 07:11:30
4 José María Sánchez 07:11:58
5 Hans Becking 07:16:07

Classificação geral Elite Femenina:

1 Natalia Fischer 08:51:23
2 Hildegunn Hovdenak 08:53:31
3 Lisette Rosenbeck 09:08:35
4 Emmy Thelperg 09:19:22
5 Sandra Backman 09: 39:30

Vídeo com os melhores momentos da 3ª etapa da Andalucía Bike Race:

Amanhã partida de Villafranca de Córdoba

A quarta etapa chega à província de Córdoba, partindo de Villafranca de Córdoba, cidade que testemunhou o início da Andalucía Bike Race 2017. Uma etapa de 53,4 quilómetros e 1.346 metros de elevação que foi redesenhada para começar completamente junto do reservatório de San Rafael Navallana.

As estradas íngremes contrastarão com a exuberância do trilhos da Sierra Morena, onde ocorre uma grande parte da etapa, com trechos muito engraçados e paisagens espetaculares.

Deixar uma resposta